Mãe de agressor de Ana Hickmann afirma: ‘Era o melhor filho do mundo’

Wanda Simões de Pádua, mãe de Rodrigo Augusto Pádua – apontado como responsável pelo atentado à apresentadora Ana Hickmann na noite de sábado, 21 -, conversou com a imprensa logo após o enterro do filho nesta segunda, 23, em Juiz de Fora, Minas Gerais, e afirmou não reconhecer o comportamento de Rodrigo: “Meu filho era o melhor filho do mundo. Só eu conhecia meu filho. Não era ele quem fez isso. Era outra pessoa, entendeu? Porque o inimigo é terível, ele ataca mesmo as pessoas 24 horas por dia”.

Ana Hickman foi atacada por Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, no sábado, 21, no Hotel Ceaser Business, em Belo Horizonte. Rodrigo invadiu o quarto da apresentadora, entrou em luta corporal com o cunhado dela, Gustavo Correa, e acabou baleado e morto. A cunhada e assessora da apresentadora, Giovana Oliveira, também foi baleada e seguia internada na manhã desta segunda.

“Ele era um menino carinhoso”
Apesar de ter evitado a imprensa durante o velório e o sepultamento, Wanda de Pádua deu entrevista ao final da cerimônia por iniciativa própria. Muito abalada, ela mostrou que tinha uma boa relação com o filho, que vivia com ela e o marido. “Ele nunca fez nada com intenção de nada. Nunca mexeu com drogas, não bebia, não fumava, ficava mais em casa. Era um filho sereno, um menino muito educado. Pode perguntar aos vizinhos lá. Era de casa para a academia, da academia para casa. Ele só saia comigo. E dizia ‘Mãe, a senhora é a coisa mais importante deste mundo para mim, se a senhora morrer eu vou junto’. Não tinha vício de nada, era muito carinhoso comigo, com os irmãos”, garantiu.

A mãe de Rodrigo, que era o caçula de cinco irmãos, também falou sobre a ida dele para Belo Horizonte. “Ele foi para Belo Horizonte para conhecer a cidade, porque meu outro filho mora lá. Ele ia para outro lugar. Foi uma fatalidade que aconteceu. Tenho certeza de ele não foi lá para fazer mal para ninguém. Ele só queria conversar. Mas como o destino foi cruel, tirou o meu filho de mim. Meu caçula, que eu amava tanto. Agora vai ficar no só meu coração”, lamentou, muito emocionada.

Enterro discreto
O corpo de Rodrigo foi enterrado na manhã desta segunda-feira, 23, no Cemitério Municipal de sua cidade natal, Juiz de Fora. O corpo deixou a capela 6 do cemitério, onde foi velado durante toda a noite, pouco antes das 10h da manhã e seguiu em cortejo até o local do sepultamento, que aconteceu em seguida. Muito abalada, a família de Rodrigo pediu que a imprensa se mantivesse afastada.

Enterro de Rodrigo Augusto (Foto: EGO)
Enterro de Rodrigo Augusto Pádua em Juiz de Fora (Foto: EGO)

Cerca de 30 pessoas acompanharam o funeral, entre familiares e amigos de Rodrigo. Um cunhado do rapaz, que preferiu não se identificar, disse apenas que os pais estavam extremamente abalados e que não iriam dar entrevistas. O irmão Helisson Augusto Pádua, – um dos primeiros a chegar em Belo Horizonte logo após o atentado – compareceu à cerimônia mas também evitou a imprensa.

Um comentário em “Mãe de agressor de Ana Hickmann afirma: ‘Era o melhor filho do mundo’

  • terça-feira - 24 de maio de 2016 em 19:14
    Permalink

    Esse foi encontrar o CAPETA!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *