Luana Piovani enfrenta 1ª dificuldade em processo contra o Pânico

Luana Piovani já sofreu o que pode ser considerado a primeira derrota no processo de danos morais que move contra o ‘Pânico’ e a Band. Segundo informa o Notícias da TV, o juiz Daniel Vianna Vargas, da 28ª Vara Cível do Rio de Janeiro, decidiu que a ação será julgada em São Paulo, cidade dos réus. Como a atriz vive no Rio com a família, ela terá que viajar para comparecer às audiências.

Em casos de reparação de dano por fatos propagados em meio de alcance nacional, “usualmente a jurisprudência pende para o local em que vivem os atingidos [Luana]”, diz a decisão. “Entretanto, no caso em análise, a parte autora também é pessoa de notoriedade e visibilidade nacionais, não comportando o argumento de que no local de sua moradia haverá maior repercussão dos fatos. Trata-se de pessoa conhecida nacionalmente”, declarou o juiz em seu parecer.

Luana processa o ‘Pânico’ por ter sido abordada na Praia do Leblon por Vesgo, quando estava com seu marido, Pedro Scooby. Na ocasião, o repórter vivido por Rodrigo Scarpa quis entregar um buquê à atriz, que reagiu muito irritada. Luana processou o Pânico e conseguiu na Justiça impedir o programa de citar o seu nome e de se aproximar dela, sob risco de multa de R$ 300 mil.

O advogado do programa ainda tenta reverter o jogo, baseado na reação da atriz, que desqualificou a atração.

Fonte: Notícias ao Minuto / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *