Julho começa com exposições de fotografia em Pouso Alegre

4Duas exposições fotográficas abrem o mês de julho em Pouso Alegre. As divertidas imagens da série ‘Como conquistar um homem em 365 dias’, são o destaque nesta terça-feira (1º), no Serra Sul Shopping. Já uma delicada releitura fotográfica sobre estátuas, do projeto ‘Religare’, pode ser conferido a partir do dia 4 de julho no Divina Maria Café, no Centro.

Direto da internet
Sucesso nas redes sociais, ‘Como conquistar um homem em 365 dias’ é assinado pela fotógrafa Cris Vieira e ficará em exposição perto da praça de alimentação do shopping até o dia 19 de julho. “As telas são como um print da página da internet. Como o projeto foi feito no instagram, procurei manter o formato”, explica Cris.

Quem passar pelo espaço,vai poder conferir 20 reproduções em telas de 1 metro por 52,5 centímetros e algumas das ‘dicas’ para as mulheres ‘fisgarem’ de vez a sua cara metade.

Conexão com o humano
A delicadeza do olhar de João Paulo Alvarenga é outro destaque em Pouso Alegre. O fotógrafo inicia a exposição “Religare” no Divina Maria Café, no Centro da cidade, no dia 4 de julho, com vernissage marcada para às 15:00 horas.

9“As estátuas e outros símbolos constantes nas obras são elementos seculares usados pelo ser humano como forma de expressão e busca de conexão com algo maior”, explica João Paulo. “Cada uma expressa sentimentos distintos como raiva, desespero, alegria, ansiedade, paixão. Ao registrá-las, fiz o possível para sutilmente manter a mensagem proposta pelo artista”, diz.

Reconectar o mundo visível das obras com o universo invisível das fantasias e emoções. Essa é a proposta de ‘Religare. Segundo João Paulo, a ideia de apresentar o trabalho surgiu de um plano da associação de fotografia da qual faz parte, o Foto Clube Pouso Alegre (FCPA), que com “Religare” abre uma parceria com o novo espaço de exposições da cidade para destacar o olhar artísticos dos fotógrafos membros.

Assim como no shopping, a visitação a “Religare” é gratuita. São 11 fotos em preto e branco. A curadoria é de Bill Brandão, presidente do FCPA.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *