Grupo Unis lança projeto voltado à educação de pessoas acima de 50 anos

Nos últimos 6 meses a célula de inovação do Grupo Unis em Florianópolis embarcou em um projeto, com o intuito de criar novas soluções educacionais que, desde março, estão focadas em pessoas na faixa dos 50 anos de idade.

Intitulada ‘berthô’, a iniciativa busca desenvolver um ambiente educacional para pessoas acima de 50 anos que querem se manter ativas no mercado de trabalho. Profissionais que não estão satisfeitos com os ambientes de trabalho tradicionais e rígidos, mas sim buscando trabalhar com um propósito. 

O projeto visa oferecer as habilidades necessárias para que pessoas acima de 50 anos possam protagonizar a era digital, através de um formato e linguagem adequado à faixa etária, com uma pegada leve, flexível e cultural, promovendo por consequência o desenvolvimento de toda uma comunidade em torno da diversidade etária.

O mercado está cheio de soluções de todo tipo para pessoas mais novas, mas as necessidades das pessoas acima de 50 anos muitas vezes não são satisfeitas. Além disso, essa faixa etária é extremamente vulnerável no mercado de trabalho. No setor serviços se espera que 1,2 milhões de brasileiros acima de 50 anos sejam demitidos durante a pandemia, e, os que estão desempregados, têm uma maior dificuldade para se recolocar no mercado por causa da idade, ainda mais agora, com uma taxa de desemprego crescendo exponencialmente. A berthô quer atender às necessidade s educacionais, de capacitação e atualização destas pessoas. É um negócio de impacto social.

O projeto está em fase de desenvolvimento, e por enquanto está presente apenas nas redes sociais, mantendo contato com seu público alvo e gerando valor através de conteúdos abertos no Facebook e Instagram.

Fonte e foto: Ascom Grupo Unis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *