Francisco Azevedo é anunciado para a programação do Flipoços

A organização do Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços, divulgou neste fim de semana a presença de mais um escritor no evento. O poeta, romancista, roteirista e ex-diplomata Francisco Azevedo estará pela primeira vez no encontro, que ocorre entre os dias 30 de abril e 8 de maio, com entrada gratuita.

Azevedo é carioca e começou a dedicar-se à literatura em 1967, quando venceu um concurso. Depois disso, escreveu peças de teatro e produções audiovisuais, mas, o primeiro romance só chegou às livrarias em 2008. “O arroz de Palma” é o título da obra, traduzida para 12 idiomas e premiada recentemente no prêmio internacional Books Award, nos Estados Unidos.

A obra conta a história de superação de uma família em busca de um futuro melhor. “Azevedo, que é uma figura culta e que tem tudo para cativar os ouvintes do Flipoços, narra nessa obra os cem anos de uma relação familiar, que poderia ser a história de nossa própria família, não faltando as brigas tão comuns entre irmãos que, na sequência, fazem as pazes, e os casamentos. Alguns felizes, outros não. Ou seja, é uma obra recheada de ingredientes que atrai principalmente aqueles que adoram sagas”, disse Gisele Ferreira, organizadora do Flipoços.

O segundo romance de Azevedo, “Doce Gabito”, foi publicado em 2012. A obra, que é uma homenagem ao escritor colombiano Gabriel García Márquez, fonte de inspiração de Azevedo, conta a história de uma mulher chamada Gabriela. Nascida Gabriela Garcia Marques, não sem motivo, a jovem perdeu os pais, combatentes do regime militar e, ainda criança, foi morar com a avó, que também morre cedo e a deixa sob os cuidados de uma tia, que é cafetina e vive em um casarão no bairro da Glória, no Rio de janeiro. O famoso escritor colombiano, cujo apelido é Gabito/Gabo, também é personagem do livro.

Em ambos, a poesia, sempre presente nas peças de teatro e até nos filmes institucionais produzidos por Azevedo, acompanha o texto do autor. Segundo o próprio, é essa mesma poesia que faz com que ele goste tanto de escrever e dá forma e acabamento aos livros deles.

Vale destacar que neste ano o festival comemora 11 anos e proposta já está definida: “De Camões a Machado de Assis, uma viagem pela literatura clássica” e a ideia é convidar a todos para um mergulho no passado para redescobrir as ideias de grandes escritores e artistas como Maquiavel, Villa-Lobos e Mozart, além dos próprios Camões e Machado de Assis.

Francisco Azevedo é convidado para o Flipoços 2016 (Foto: Beto Figueiroa / Divulgação / Fliporto)
Francisco Azevedo é convidado para o Flipoços 2016 (Foto: Beto Figueiroa / Divulgação / Fliporto)

Do G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *