Famosos comentam votação sobre redução da maioridade penal

leandra_leal-8544A votação da Câmara dos Deputados para determinar se haverá redução da maioridade penal tem mobilizado as redes sociais nos últimos dias. E, nesta quinta-feira, 2, depois que um novo texto para a emenda foi aprovado de madrugada após a proposta ser recusada, o assunto está dando ainda mais o que falar.

Famosos como Daniela Mercury e Leandra Leal se manifestaram sobre a decisão polêmica e criticaram os deputados no Twitter. O ex-BBB Jean Wyllys, um dos políticos que é fortemente contra a redução, disse que irá lutar para reverter o quadro.

mg_8387O EGO conversou com o ator José de Abreu, nesta quinta-feira, 2, que classificou a votação como um absurdo. “É uma vergonha. O Eduardo Cunha é um ditador e do mais baixo escalão de um ser humano. Ele transformou a Câmara em um puteiro. Quando não ganha, ele vota novamente. É a segunda vez que ele faz isso e o Gilmar Mendes (ministro do Supremo Tribunal Federal) – que já me processou duas vezes e vai me processar de novo – continua calado, vendo o Brasil indo para o poço”, afirmou.

Ele ainda retificou seu posicionamento sobre a redução da maioridade penal. “Nem eu, nem qualquer pessoa que tenha miníma noção de sociologia, filosofia e compostura humana pode achar isso certo. É um absurdo completo. Todos países que fizeram isso voltaram atrás. A oposição está querendo acabar com o Brasil”. Confira mais depoimentos:

daniela_mercuryDaniela Mercury: Estou chocada! Que absurdo! Aprovaram a redução da maioridade na calada da noite.

Leandra Leal: Absurdo inacreditável desesperador #CunhaGolpista

Zélia Duncan: É um desastre pensar na redução da maioridade penal. O Brasil tem muito mais o que pensar e melhorar. Cuidar das crianças, por exemplo!

Jean Wyllys: A nova “emenda aglutinativa”, feita às pressas para poder repetir a votação, usa novamente a farsa dos “crimes hediondos”. No grito, Cunha pretende impor sua vontade, como se imperador fosse, desrespeitando frontalmente nossa Constituição Cidadã. Resistiremos junto com os movimentos, em plenário e, se for preciso, vamos ao STF! A democracia não pode ser relativizada!

Paula Braun: “Vou escrever uma carta pros meus filhos, vou contar pra eles tudo o que acontece nesse país. Envergonhada, mas acho importante. Para um dia eles entenderem o que aconteceu aqui. Esse golpe. Essa lama toda. E para saberem que fui contra”.

Tico Santa Cruz: “#CunhaGolpista House of Cunha, Vergonha Nacional”

Marina Lima: “#CunhaGolpista Homem perigoso, Brasil não merece essa gente! Boa noite e que amanhã nos traga boas noticias”

Astrid Fontenelle: “Senhor #CunhaGolpista está pouco se lixando pros jovens, ele quer demagocia!! Basta ler os relatorios da violência no Brasil. Tamo de olho!”

Pitty: Bom dia, apesar do gosto amargo desse despertar embalado pelas notícias de ontem. Inacreditável. #CunhaGolpista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *