Empresa responsável por erro no Oscar contrata seguranças

Martha L. Ruiz e Brian Cullinan, auditores da PWC (Foto: AFP / Agência)
Martha L. Ruiz e Brian Cullinan, auditores da PWC (Foto: AFP / Agência)

O erro histórico que aconteceu no Oscar no último domingo, 26, segue dando o que falar. A empresa de auditoria PricewaterhouseCoopers (PwC) teria contratado seguranças para seus funcionários após a gafe na premiação.

Para quem não se lembra, o auditor Brian Cullinan entregou o envelope errado na premiação, fazendo os apresentadores Faye Dunaway e Warren Beatty anunciaram “La La Land” como o grande vencedor da noite na categoria “Melhor Filme”, mas, na verdade, quem ganhou a estatueta foi o drama “Moonlight”.

Por causa disso, tanto Brian como Martha Ruiz, também da empresa, vêm recebendo ameaças nas redes sociais. Isso, então, fez com que a PwC tomasse a medida de proteção. Segundo o TMZ, a mãe de Brian já teria sido vista com um guarda-costa.

Em tempo: A presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Cheryl Boone Isaacs, disse à AP que os responsáveis pelo erro no Oscar 2017 nunca mais trabalharão na premiação.

Martha L. Ruiz e Brian Cullinan  (Foto: AFP / Agência)
Martha L. Ruiz e Brian Cullinan (Foto: AFP / Agência)

Fonte: Ego

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *