Emma Watson aprova escolha de atriz negra para papel de Hermione em peça

A atriz Emma Watson, que interpretou Hermione nos filmes da saga "Harry Potter"
A atriz Emma Watson, que interpretou Hermione nos filmes da saga “Harry Potter”

A atriz Emma Watson usou as redes sociais para manifestar seu apoio à escolha de uma atriz negra para o papel de Hermione em um espetáculo teatral de Harry Potter.

Watson, que interpretou a bruxinha Hermione nos filmes da série, escreveu no Twitter neste sábado (2): “Mal posso esperar para ver Noma Dumezweni como Hermione no palco este ano”.

Dumezweni, natural da Suazilândia, foi escolhida para o papel da bruxa já na vida adulta na peça “Harry Potter and the Cursed Child”, escrita a partir de uma história original de J.K. Rowling, o que gerou críticas de fãs e até comentários racistas.

A criadora de Harry Potter também defendeu a escolha e respondeu que nunca especificou a cor da pele de Hermione em seus livros.

“Olhos marrons, cabelo crespo e muito inteligente. Pele branca nunca foi especificada. Rowling adora a Hermione negra”, escreveu a autora.

O roteirista da peça, Jack Thorne, também respondeu às críticas e afirmou que o ator que interpretará Rony, Paul Thornley, também não é ruivo, como descrito nos livros de Rowling.

“Noma (Dumezweni), Jamie (Parker) e Paul (Thornley) serão os três mais brilhantes. Temos muita sorte de contar com eles. E para reafirmar aos que tenham dúvidas: Paul é ruivo em sua alma”, indicou Thorne.

Reprodução/Twitter/HPPlayLDN

Os atores Jamie Parker, Noma Dumezweni e Paul Thornley, que vão interpretar Harry, Hermione e Ron na peça “Harry Potter and the Cursed Child”

A peça, que se baseia na história original concebida por Rowling e escrita por Thorne, situa a ação 19 anos depois dos eventos que são descritos no sétimo livro da saga, “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, e será dirigida por John Tiffany.

A sinopse diz: “Enquanto Harry resiste com um passado que nega a permanecer onde deveria, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar contra o peso de um legado familiar que nunca quis. Ao mesmo tempo em que o passado e o presente se fundem, tanto pai como filho aprendem a incômoda verdade: às vezes, a escuridão chega de lugares inesperados”.

A peça, que terá duas partes, estreia no dia 30 de junho de 2016, no Palace Theatre, em Londres, e já bateu recorde ao vender 175 mil ingressos em 24 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *