Em duas semanas, “Até que a Sorte 3” já levou mais de 1 milhão aos cinemas

Ate-que-a-Sorte-3_Credito-Gabriel-Borges-07O sétimo episódio da saga “Star Wars” lidera as bilheterias brasileiras desde que entrou em cartaz, há três semanas, mas o brasileiro “Até que Sorte nos Separe 3” também tem levado um público expressivo aos cinemas.

Protagonizado novamente por Leandro Hassum, o filme levou, segundo dados da Rentrak, mais de 400 mil pessoas aos cinemas neste final de semana, acumulando um público de 1,2 milhão em apenas duas semanas em cartaz. O longa teve a maior abertura nacional da história com 808 salas.

“Até que a Sorte nos Separe 3” segue mais uma vez Tino (Leandro Hassum) na arte de ganhar dinheiro (e perder logo em seguida). Desta vez, o filme foca na sátira política. Em uma oportunidade de emprego, ele se atrapalha e quebra o Brasil — clara referência à atual crise política e econômica do país. Em terceiro ficou “Alvin e os Esquilos: Na Estrada”, que já levou mais de 1,8 milhão de pessoas às salas também em duas semanas.

“O Despertar da Força”, no entanto, está próximo de mais recordes com uma arrecadação de US$ 184,6 milhões no mundo todo no fim de semana do Ano Novo. O filme dirigido por J.J. Abrams somou US$ 1,51 bilhão, pouco abaixo de “Velozes e Furiosos 7” (US$ 1,515 bi) e “Os Vingadores” (US$ 1,519 bi), que ocupam a quinta e a quarta posições no ranking das maiores bilheterias mundiais.

No total, as dez maiores bilheterias do fim de semana somaram R$ 289,3 milhões e 19,7 milhões de ingressos vendidos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *