Christiane Torloni relembra papel gay em ‘Torre de Babel’: ‘Preconceito é feio’

O Canal Viva vai exibir de novo a partir desta segunda-feira, 10, uma das tramas de maior sucesso escrita por Silvio de Abreu, “Torre de Babel”, de 1998. Entre os nomes do elenco estrelado da novela, Christiane Torloni deu vida à estilista Rafaela, uma personagem polêmica por viver um romance gay com ex-modelo Leila Sampaio (Silvia Pfeifer).

Em conversa com o EGO, a atriz festeja a reexibição do folhetim e conta que, entre muitas personagens de sucesso de sua carreira, considera esse papel na trama como um dos mais marcantes.

“Muito feliz que esteja voltando. Quando o Viva passa alguma novela é porque os telespectadores pediram, então é sinal de sucesso”, fala a atriz, também comemorando o fato de que a novela “A Gata Comeu”, na qual interpretou a protagonista Jô, terá novamente sua reprise no mesmo canal. “Com ‘A Gata Comeu’, fico mais impressionada ainda porque deve ser a quinta ou sexta vez que ela é reprisada nos últimos trinta anos, é muito sucesso mesmo”.

Ao falar de sua personagem em “Torre de Babel”, Christiane fala de homofobia e diz que não cabe mais que o preconceito exista: “Mais do que nunca, se discute muito a questão dos homofóbicos. Preconceito é feio. E pensar que vai fazer vinte anos que fizemos novela com um casal gay e já mostrávamos que era normal… Hoje em dia não cabe mais o preconceito, fica bem feio”.

Christiane Torloni como Rafaela na novela Torre de Babel (Foto: Divulgação Globo)
Christiane Torloni como Rafaela na novela ‘Torre de Babel’ (Foto: Divulgação Globo)

A atriz define a personagem Rafaela como um dos destaques de sua trajetória na televisão. “Ela foi, sim, muito marcante pra mim. A Rafaela era linda. Ela e a personagem da Silvia Pfeifer formavam o casal mais tranquilo da trama. Aquele casal que acolhia os problemas dos outros casais que brigavam, que tinham muitos problemas”, relembra.

“Poderiam ver o casal lésbico com preconceito e demonizando elas, mas as duas seguravam a onda de todo o resto da trama, eram muito tranquilas”, fala Christiane, que mostra ansiedade com a nova exibição da novela: “Estou curiosa para saber o que o público vai dizer desse casal agora”.

Ao ser questionada sobre beijos gays nas novelas, Christiane reforça que preconceito é algo que não deveria mais existir. “Que coisa antiga polemizar por isso. Temos mais é que exibir os beijos, faz parte da vida”, diz ela, citando e relembrando o romance gay e cenas de sexo em “Liberdade, Liberdade”.

“Demos um passo além com aquela trama, exibimos muito mais do que um beijo. Estamos caminhando. O Brasil tem lugares muito retrógrados, mas acho que a arte vai nos empurrando pra frente”, opina.

Silvia Pfeifer e Christiane Torloni na novela Torre de Babel (Foto: Divulgação Globo)
Silvia Pfeifer e Christiane Torloni na novela Torre de Babel (Foto: Divulgação Globo)

Fonte:Ego

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *