Canal Futura estreia “Que Corpo é Esse?”, série que alerta para o combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

Realizada em parceria com o UNICEF e a Childhood Brasil, a série de interprogramas estreia no dia 18 de maio, às 20h, e será transmitida nos intervalos da programação

Em 2016, mais de 76 mil denúncias de violências contra crianças e adolescentes foram notificadas pelo Disque Direitos Humanos e disponibilizadas pela Secretaria Especial de Direitos Humanos. Desse total, 37,6% referem-se a casos de negligência e abandono, 23,4% de violência psicológica, 22,2% de agressão física e 10,9% de sexual. A violência sexual contra crianças e adolescentes é uma grave violação dos direitos humanos e deve ser enfrentada. “Crianças e adolescentes negligenciados vivem situações de múltiplas violências, privações, exposições e riscos. O abandono e a negligência são a ‘porta de entrada’ para essas agressões, sejam sexuais, físicas ou psicológicas”, diz João Alegria, diretor geral do Canal Futura.

Dentro deste contexto, desde 2009, o Futura desenvolve o projeto Crescer Sem Violência, que dissemina informações de qualidade e metodologias de enfrentamento às diferentes formas de violência sexual contra crianças e adolescentes. A ação contempla produção de conteúdos inéditos sobre o assunto e ações presenciais de capacitação de educadores e profissionais da rede de proteção à criança e ao adolescente, e já foi premiada com o I Prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos em 2011 na categoria Boas Práticas e o Prêmio TAL na categoria Grande destaque em 2016. Mais de 5.000 profissionais em mais de 400 municípios brasileiros já foram formados pelas ações do projeto, que já tratou de temas como o abuso e a exploração sexual.

Este ano, o Futura, em parceria com o UNICEF no Brasil e a Childhood Brasil e coprodução da Split, estreiam a nova etapa do projeto, a série de interprogramas “Que Corpo é esse?”. O objetivo é alertar educadores, crianças, adolescentes e famílias sobre o conhecimento do próprio corpo, a importância do autocuidado e do respeito ao direito à sexualidade. Os episódios estreiam na TV no dia 18 de maio (sexta-feira), às 20h, nos intervalos da programação. “A produção do novo programa foi realizada em diálogo com diversos especialistas e profissionais da rede de proteção às crianças e adolescentes”, diz João.

Com linguagem e formato ágeis, a série de animação retrata uma família tipicamente brasileira, os Vila Cesar, que vivenciam situações e refletem sobre assuntos importantes para o desenvolvimento sexual dos seus cinco filhos e suas diferentes etapas de vida. Dividida em três micro séries voltadas para faixas etárias diferentes, são apresentadas situações que vão desde a descoberta dos órgãos sexuais na primeira infância, passando pelos dilemas da puberdade até temas mais complexos com as relações abusivas, a primeira relação sexual, homofobia, os perigos na internet como o sexting e o revenge porn (pornografia da vingança), etc.

Todos os episódios ficarão disponíveis no FuturaPlay (www.futuraplay.org)

QUE CORPO É ESSE?
Estreia: 18 de maio (sexta-feira), às 20h
Exibição: nos intervalos da programação
Série web: www.futuraplay.org

Sobre a Childhood Brasil
É uma organização brasileira que trabalha, desde 1999, para influenciar a agenda de proteção da infância e adolescência no país. A organização tem o papel de garantir que os assuntos relacionados ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes sejam pauta de políticas públicas e do setor privado, oferecendo informação, soluções e estratégias para as diferentes esferas da sociedade. A Childhood Brasil é certificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e faz parte da World Childhood Foundation (Childhood), instituição internacional criada pela rainha Silvia da Suécia.

Fonte: Giusti Comunicação Integrada / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *