Artigo Juarez Alvarenga – Planeta Terra

Será que a terra é o topo da civilização universal ou terá planetas mais evoluídos?

Pela complexidade do universo temos evidencias satisfatórias  que existem civilizações mais evoluídas.

Na terra a maior cabeça da humanidade, foi EINSTEIN. Seria ele componente de uma  massa numa  possível civilização mais sofisticada?

São interrogações difíceis de responder pela evolução humana do momento. Mas, parece que entramos, apesar de fase embrionária, a desvendar os mistérios do universo com clarividência. Na ponta do iceberg haver[a de surgir repostas possíveis, porém ainda não conclusivas.

Pela complexidade do universo deduzimos que nós humanos, somos bastante limitados, para compreendermos a sua grandeza.

Na revolução industrial do século XVIII o homem trabalhava dezoito horas por dia. Hoje, trabalhamos seis e a desempenho mundial é extremamente superior a da revolução industrial.

O grande mal da humanidade, é o imediatismo, que impede o ser humano de conseguir um instrumento de sobrevivência mais eficaz. Estaria o homem moderno libertando do imediatismo e entrando, definitivamente, no mundo da contemplação. As credenciais modernas são de preparação intelectual permanente.

NO MUNDO CONTEMPORÂNEO, QUANTO MAIS SABEMOS, MENOS TRABALHAMOS, MAIS GANHAMOS LOGICAMENTE, AUMENTA A RESPONSABILIDADE. E O INVERSO É TAMBÉM VERDADEIRO, QUANTO MENOS SABEMOS MAIS TRABALHAMOS MENOS GANHAMOS.

Parece que a falta de conhecimento será o estigma destruidor do homem em fase do universo. A não ser que seja jogador de futebol ou outrad profissões similares, cujo talento inato, é uma dadiva herdada ou dada pelo sobrenatural.

O que se deduz, cristalinamente,  é  que o homem de poucas letras está condenado à extinção. Com o mundo modificado da modernidade ou homem rustico aumenta sua desenvoltura ou serão absorvidos pela marginalização contemporânea cresbente.

Seria a terra um patamar transitório, para evolução magistralmente dignificante?

O que interessa é o que o homem evolui na sua proveitosa passagem pela morada terrena. Seria a evolução finita e periódica ou humanidade teria oportunidade de continuar o seu processo evolutivo infinitamente em outros planetas?

São perguntas irrespondíveis por nós humanos no momento atual, mas que existem indícios  evidentes de que o processo humano não termina na terra, o que é totalmente aceitável.

Juarez Alvarenga
Advogado e escritos
Rua Antônio B. Figueiredo, 29
Coqueiral-MG
CEP: 37235-000
Telefone: (35) 99176-9329
E-mail: juarezalvarengacru@gmail.com

Foto: Reprodução site http://blogunigranet.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *