Artigo de Juarez Alvarenga – O Mundo está na quinta onda

Momentos estanques da história humana apesar da continuidade temporal vem formando uma sociedade homogênea no espaço universal.

Para os estudiosos do assunto o cosmo está na quinta onda.

Meu Coqueiral agora que está saindo da primeira onda que é da terra. Acredito que minha província que ficou estagnado por cem anos irá agora dar sobressaltos passando velozmente daqui para frente para  a quinta devido à interferência maciça dos meios de comunicação de massa.

Esta maravilha do mundo contemporâneo que é a comunicação fabricará uma cultura consumista, homogênea e lutadora. O homem tornará insaciável, mas em compensação aumentará substancialmente sua índole ambiciosa fazendo ter uma posição ativa perante dos desafios do mundo.Teremos sem duvida nenhuma uma sociedade equitativa.

Despertará a inquietação positiva e poderá até libertar a humanidade da miséria material.

Elevará o piso social como estivesse de elevador.

Sou apologista do mundo modernos porque acredito numa sociedade mais igualitária não proveniente da dádiva humana o de estratégia governamental , mas do progresso individual nascida pela inquietação humana desencadeada pela libertação através da competência singular.

O homem moderno começa uma nova era.Era do individualismo bem sucedido.A auto suficiência individual está preste a se realizar. A hierarquia social não acabará, mas piso aproximará do vértice e o vértice atingirá altura gigantesca.

A ignorância que cria a passividade extinguirá a um estágio mínimo de tolerância.Não teremos uma sociedade solitária, mas um individuo auto suficiente.A eficiência substituirá o sentimento de piedade.

No mundo econômico a racionalidade é fator decisivo e o trabalhador desta nova era terá mais poder de barganha, pois aumentará sua estatura intelectual.

Meu Coqueiral não sabe o que é vale do Silício, mas apesar de procurar ter uma mente cosmopolita procuro manter o coração provinciano. Não temo uma conversa sobre economia com estudante da universidade de Havard. Tudo que tem lá eu tenho em minha biblioteca. E é justamente isto que acontecerá em massa a homogeneidade de oportunidades independentemente do espaço..

Nós que estamos na frente não devemos esquecer de quem está atrás. O meu mundo que é o mundo do conhecimento gostaria de ter uma fundação, mas acredito que o processo de conscientização individual é tão importante como os recursos materiais para evolução pessoal.

O mundo egoístico que é o mundo real contaminará o universo de riqueza. O socialismo é ineficiente na produção e não tendo nada para distribuir fica sem razão para existir. O capitalismo é uma sociedade verticalizada com a elevação por piso torna um sistema menos imperfeito.

Apesar do espaço não ser empecilho para conquistar não gostaria de mudar de minha provinciana e bucólica Coqueiral. Ver o lavrador andar no seu cavalo quando o homem já está chegando a Marte é um privilegio contagiante.

Numa quarta feira à noite, vendo o jogo do Cruzeiro pela televisão, juntamente com minha turma de futebol, e depois de terminada a partida por volta da meia noite chegar na janela da sacada de minha casa olhar para o céu e dizer: “o há o gente ou não, luar como este do meu sertão.” E aproveito a oportunidade da luz natural enxergo um futuro mais benéfico e homogêneo derivado do individualismo auto suficiente e minha Coqueiral dando sobressalto e não passos tímidos como na primeira onda que foi a da terra.

Juarez Alvarenga
Advogado e escritor
Rua Antônio B. Figueiredo, 29
Coqueiral-MG
CEP: 37235-000
Telefone: (35) 99176-9329
E-mail: juarezalvarengacru@gmail.com

Foto: Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *