Voluntários servem cerca de 50 refeições por dia nas ruas de Itajubá

4418741_x360Há 12 anos um grupo formado por voluntários se dedica a ajudar moradores de rua em Itajubá. Para praticar a solidariedade, o grupo do “Irmãos de Rua” dedica algumas horas do dia para fazer comida e distribuir as refeições pela cidade. Por noite, cerca de 50 pratos são entregues e os voluntários também distribuem roupas e cestas básicas.

Na casa de Andrea Bastos Trindade, criadora do projeto, o cômodo reservado para fazer as refeições já estava pequeno, então ela improvisou a cozinha no quarto da filha. A família já nem liga de perder espaço e todos ajudam. “Aqui é um coração de mãe e sempre cabe mais um”, disse o marido de Andrea, Elvis Márcio Trindade.

Andrea já chegou a parar o projeto por três anos para cuidar do pai doente, mas a morte dele não a impediu que ela voltasse à cozinha. E é combatendo as dificuldades que o projeto se mantém. Tudo depende de doações. O guarda-roupas que a Andrea ganhou virou dispensa. O fogão maior, que cabe a panela grande, não está funcionando como deveria e muitas vezes não dá para fazer a receita como o grupo gostaria.

Mas, com boa vontade, todos são alimentados. O jantar é servido diariamente na rua. E vem ente de vários cantos. A meta é servir a todos.  “É muito bom ter essa ajuda”, disse o catador de recicláveis Jansen Clever Constantino, que não mora na rua, mas depende da comida doada pelo grupo.

A Maria e a Gilda já foram moradoras de rua e enfrentaram o alcoolismo, a rejeição da família e a fome, Hoje são voluntárias no projeto. “É dolorido estar na rua, ainda bem que eu saí, graças a ajuda da Andrea”, comentou Gilda Pedro Filho, que hoje atua como montadora de eletrônicos.

E como o desperdício está fora de questão para o grupo, quem não foi até a frente da casa de Andrea para comer, tem a oportunidade de se alimentar. Os voluntários percorrem outros locais e entregam aos moradores de rua.

No carro de um dos voluntários, o panelão com comida sai do bairro Morro Chic e segue pelas ruas de Itajubá. O gesto é repetido de segunda a sexta-feira e a casa dos mais necessitados são parte do itinerário.

“Não tínhamos comido nada até agora, só tomamos um café. A janta vai ajudar bastante”, disse Maria Magalhães, moradora de rua, que sempre recebe a ajuda do grupo e já espera pelo jantar.

comida_interna

Um comentário em “Voluntários servem cerca de 50 refeições por dia nas ruas de Itajubá

  • quarta-feira - 26 de agosto de 2015 em 02:47
    Permalink

    muito bom seu conteudo parabens recomendo a todos e aguardo mais

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *