Ufla fica entre as 12 melhores universidades da América Latina

Mais uma vez a Universidade Federal de Lavras (Ufla) eleva o nome da cidade, desta vez em nível internacional, isso porque a Ufla foi considerada, pelo ranking da QS World University Ranking by Subject 2018, como uma das melhores universidades do mundo na área de Ciências Agrárias. De acordo com o ranking publicado na quarta-feira, dia 28, a Ufla está entre as 150 melhores instituições do mundo e a 12ª na América Latina.

Na lista das 150 melhores universidade do mundo aparecem sete brasileiras. O ranking é realizado anualmente pela empresa inglesa Quacquarelli Symonds, uma das mais importantes avaliadoras acadêmicas do mundo.

O órgão classifica as melhores universidades do mundo em disciplinas individuais, abrangendo nesta edição 48 disciplinas e 74 países. O ranking visa ajudar os futuros alunos a identificar as escolas líderes mundiais no seu campo escolhido.

O reitor José Roberto Scolforo dividiu o sucesso da instituição em nível internacional com toda sua equipe. Segundo Scolforo, “o trabalho realizado por toda a nossa comunidade acadêmica reflete neste resultado, com melhorias contínuas a cada ano. É uma construção coletiva, com o empenho dos nossos professores, técnicos e discentes para avançarmos cada vez mais nos rankings internacionais de altíssima credibilidade, destacou.

A avaliação do QS World University Rankings by Subject baseia-se em três indicadores: reputação acadêmica, reputação perante o empregador e impacto da pesquisa científica. Entre as universidades brasileiras, na área de Ciências de Agrárias e Florestais, a Ufla alcançou a 4ª posição nos indicadores reputação perante o empregador e reputação acadêmica.

Reputação acadêmica- O QS World University Rankings baseou-se em respostas de 75.015 acadêmicos de todo o mundo. Os entrevistados identificaram os países, regiões e áreas de faculdade com os quais têm maior familiaridade. Os respondentes são convidados a listar até 10 instituições nacionais e 30 internacionais que eles consideram excelente para a investigação na área determinada. Eles não podem selecionar sua própria instituição. No QS World University Rankings por Assunto, os resultados da pesquisa são filtrados de acordo com a estreita área de especialização identificada pelos respondentes.

Reputação do empregador– O QS World University Rankings é o único em incorporar empregabilidade como um fator chave na avaliação de universidades internacionais. Foram 40.455 respostas de pesquisa de empregadores graduados em todo o mundo. A pesquisa de reputação do empregador trabalha em uma base similar à acadêmica, mas sem a canalização para diferentes áreas de faculdade. Os empregadores são convidados a identificar até 10 instituições nacionais e 30 internacionais que consideram excelente para o recrutamento de diplomados. Eles também são convidados a identificar as disciplinas a partir das quais eles preferem recrutar. Examinando a interseção dessas duas questões, é possível inferir uma medida de excelência em uma determinada disciplina.

Fonte: Jornal de Lavras / Foto: ufla.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *