Três Corações: Vídeo mostra troca de tiros que terminou com morte de homem em porta de pub

Imagens de uma câmera de segurança registraram a troca de tiros na porta de um pub que terminou na morte de um homem e a prisão de outros dois na madrugada de sexta-feira (21) em Três Corações. Segundo testemunhas que estavam na boate, os tiros foram disparados após uma briga. A suspeita da polícia é que uma rixa entre gangues rivais possa ter motivado a confusão.

No vídeo, é possível ver quando a vítima, Thiago Santana, de 20 anos, começa a fazer gestos como se estivesse discutindo com alguém. De repente um dos agressos já aparece atirando – são vistos pelo menos quatro disparos. Enquanto Thiago recua, o atirador dispara mais vezes, até que a vítima cai no chão e passa a ser espancada. Um policial, então, aparece e atira no agressor, que cai. Outro rapaz, que acompanhava a cena, pega a arma dele e também é atingido na mão e depois nas costas.

Thiago chegou a ser socorrido e levado para o Hospital São Sebastião, mas não ressistiu e morreu ainda durante a noite. Os outros dois rapazes foram presos e também encaminhados para o hospital, onde um deles permanece internado. Segundo a Polícia Militar, ambos os agressos já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas.

Vídeo mostra troca de tiros que terminou com morte de homem em porta de pub em Três Corações, MG (Foto: Reprodução EPTV)
Vídeo mostra troca de tiros que terminou com morte de homem em porta de pub em Três Corações (Foto: Reprodução EPTV)

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais agiram assim porque ambos teriam tentado atirar nos militares. A versão agora vai ser apurada pela Polícia Civil. “Não tem, em nenhum momento, essa constatação de que apontaram a arma em direção aos policias não. Apenas, enquanto efetuava, [enquanto] um dos autores dava as coronhadas na vítima, ele fora alvejado. Seu comparsa se apossou dessa arma e tentava empreender fogo, e aí acabou sendo atingido”, explicou o delegado Cristiano Almeida, responsável pelo caso.

Ainda de acordo com o delegado, ao todo foram 13 disparos feitos pela polícia, sendo que cinco atingiram o atirador e outros três acertaram o segundo rapaz. “Se analisado, se houve algum excesso por parte do policial, a gente tem que analisar também que na adrenalina, tudo concorre para que você preserve a vida das pessoas. Então era um momento de tensão, isso também vai ter que ser avaliado no caso”

O inquérito policial já foi aberto e, segundo a Polícia Civil, a suspeita é que a confusão tenha sido motivada por uma rixa entre bairros rivais. “Todos eles são envolvidos com o tráfico de drogas, todos os três. Na verdade, ali era um baile funk, onde se encontravam gangues de diversos bairros, e houve uma desavença entre membros do bairro Odilon Resende e membros do bairro Vila Lima. Iniciou-se uma discussão no interior da boate, se estendeu até a parte externa e culminou no assassinato de um deles e em lesões em relação aos outros”, afirmou Almeida.

Tiros em porta de boate mata uma pessoa e deixa feridos em Três Corações (Foto: Reprodução EPTV / Redes Sociais)
Tiros em porta de boate mata uma pessoa e deixa feridos em Três Corações (Foto: Reprodução EPTV / Redes Sociais)

Durante o fim de semana, as visitas no hospital foram suspensas. Segundo a administração, a medida foi tomada por uma questão de segurança tanto dos pacientes quanto dos detidos. De acordo com um homem que pediu para não ser identificado, vários moradores da região ficaram com medo porque foram avisados de que o hospital seria invadido. “Eu vou que são dois bairros aqui, dois bairros iam invadir o hospital ontem para matar esses dois indivíduos que estão internados aqui. Foi um comentário forte, portanto a cidade ontem parou”, disse.

Por segurança, agentes do sistema prisional fizeram revezamento no Hospital São Sebastião. O pub onde a confusão aconteceu fica a apenas 200 metros da sede da Polícia Militar. Conforme o comando da PM na cidade, na hora em que aconteceu a confusão, uma viatura com dois militares estava próximo ao local. Assim que os militares ouviram o barulho dos tiros, eles correram para a porta do local e fizeram a abordagem. As armas dos dois policiais foram recolhidas e um procedimento será aberto para apurar a responsabilidade deles no caso.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *