Tem início a fiscalização em mineradoras

Crea vai avaliar situação de 19 barragens em Caldas e Poços de Caldas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) deu início às fiscalizações das mineradoras da região. Barragens em Caldas e Poços de Caldas passarão por vistorias.

Ao todo serão 19 barragens visitadas nas duas cidades. A primeira delas, aconteceu nesta quarta-feira, 10, é pertencente à Alcoa, em Poços de Caldas.

O foco do Crea são as barragens de rejeitos. Os técnicos do Conselho vão verificar se as estruturas estão adequadas, se há profissionais responsáveis pela manutenção e cuidados com as estruturas e se a documentação que regulamenta licenças ambientais e relatórios estão em dia.

Durante as ações do Crea serão fiscalizadas 17 barragens em Poços de Caldas e duas em Caldas, estas pertencentes à INB. Não há um prazo para que as fiscalizações sejam concluídas.

A fiscalização na Alcoa no município de Poços de Caldas começou às 9h. Poços de Caldas é a cidade do Sul de Minas com mais barragens – são 17; nove pertencem à Alcoa. Das nove, quatro estão em atividade.

A empresa também já apresentou um plano de emergência e realizou simulado em caso de rompimento de barragem para área de salvamento, que inclui a participação de 585 moradores do bairro Jardim Kennedy II. Também foram colocadas placas de instrução no bairro e foram identificados pontos de encontro em caso de rompimento.

Já no município de Caldas, os técnicos do Crea realizarão as visitas nas duas barragens das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), o que inclui a barragem de rejeitos radiotivos. No local, recentemente, foi feita a troca do sistema extravasor.

Com informações do Portal da Cidade Foto principal: Alcoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *