‘Suspeita de bomba em Poços de Caldas’: Artefato era luminária artesanal

Após algumas horas de tensão, a Polícia Militar conseguiu solucionar o problema da possível bomba implantada em uma casa da rua Barão do Campo Místico, em Poços de Caldas. Segundo o site Poços Digital, em apuração junto ao Tenente Edvaldo Alves da Silva, da Polícia Militar, o homem que teria deixado o objeto no local foi localizado.

Em dado momento ele chegou, de maneira agressiva na residência, sem cooperar com a PM e inclusive agredindo os militares.

Foi então que ele informou que na verdade o artefato era apenas uma luminária artesanal, que ele teria deixado de “presente” para a moradora

Os dois (suspeito e moradora), tiveram um curto relacionamento, já terminado, mas que sempre, segundo a PM, o suspeito tentava reatar, e por isso, a proprietária da residência temeu que poderia ser algo que ele teria deixado a partir da negativa dela em voltar com o rapaz.

O Esquadrão Anti Bombas, do BOPE, que viria de BH, não está mais em deslocamento já que situação foi solucionada.

O homem pode responder por crimes de Ameaça e Resistência à Prisão.

Fonte e Fotos: Poços Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *