Sul de Minas registra 140 casos suspeitos de Covid-19; Prefeituras seguem adotando mudanças

Prefeituras seguem adotando medidas de prevenção

O número de casos suspeitos do novo coronavírus saltou para 140 no Sul de Minas, casos são investigados pela Secretaria de Estado de Saúde. De acordo com o último boletim epidemiológico emitido na tarde da última quinta-feira (19), na região o número de casos praticamente triplicou, no boletim anterior o último número era de 48 suspeitos. Outros 92 casos entraram na lista oficial de suspeitos. Nenhum caso foi oficialmente confirmado.

Varginha que antes liderava o ranking com maior número de casos suspeitos, foi ultrapassada por Passos, que agora aparece com 25 e ultrapassou. Outros 17 municípios que ainda não haviam registrado quadros suspeitos agora se juntaram a lista oficial. Sete casos foram descartados na região.

Confira quais são as cidades da região que aparecem na lista oficial de casos suspeitos do Covid-19; Passos: 25, Varginha: 22, Camanducaia: 14, Poços de Caldas: 11, Alfenas: 8, Itajubá: 8, Guaxupé: 5, Boa Esperança: 4, Pouso Alegre: 4, São Sebastião do Paraíso: 4, Extrema: 3, Três Pontas: 3, Campos Gerais: 2, Cristais: 2, Munhoz: 2, Poço Fundo: 2, Santa Rita do Sapucaí: 2, Três Corações: 2, Andradas: 1, Botelhos: 1, Bueno Brandão: 1, Cabo Verde: 1, Campo Belo: 1, Carmo do Rio Claro: 1, Itanhandu: 1, Lavras: 1, Machado: 1, Maria da Fé: 1, Monsenhor Paulo: 1, Monte Santo de Minas: 1, Monte Sião: 1, Nova Resende: 1, Pedralva: 1, Piranguinho: 1 e São Gonçalo do Sapucaí: 1.

Em Minas Gerais, até agora foram confirmados 29 casos e 104 descartados. Outros 2.140 ainda estão em investigação.

Comércios tem restrição

Para prevenir a transmissão ou contágio do novo coronavírus, prefeituras da região vem adotando diversas medidas.

Os municípios de Pouso Alegre e Poços de Caldas optaram por aplicar restrições ao funcionamento dos comércios.

Para Pouso Alegre,  a determinação do Comitê de Operações de Saúde é que algumas partes do comércio não funcionem. A medida vai para; academias, parques, bares, restaurantes (somente delivery), casa de eventos e clubes.

A determinação ainda se aplica em velórios que devem haver restrição de pessoas, com até cinco pessoas por vez. Eventos com mais de 30 pessoas também não são autorizados. Na cidade, o shopping  foi fechado – apenas o escritório do Departamento de Trânsito continua operando.

Já em Poços de Caldas, uma reunião com autoridades definiu mudanças no funcionamento do comércio.

Lojas da cidade somente poderão abrir das 10h às 16h, de segunda-feira a sábado, o comércio não funcionará aos domingos. Restaurantes da cidade podem abrir todos os dias, das 10h às 19, entregas são permitidas. Farmácias, padarias e postos de combustíveis podem  funcionar 24h por dia. O shopping pode funcionar das 12h às 20h.

A respeito do abastecimento de itens, foi afirmado por representantes durante a reunião que não há risco de falta de produtos. O PROCON de Poços de Caldas também orientou os estabelecimentos a limitar a quantidade de produtos, para evitar que venha a faltar.

Medidas

Cidades do Sul de Minas continuam anunciando medidas de prevenção. Confira:

Em Lambari, a prefeitura emitiu um decreto oficial determinando medidas de prevenção para a população, entre elas estão listadas; as atividades esportivas estão suspensas, foram temporariamente suspensos os atendimentos odontológicos nas unidades básicas de saúde e na Policlínica, o SAAE de Lambari comunicou, que para a preservação da saúde dos colaboradores e também usuários, está suspenso em caráter temporário seu expediente pelo prazo de “sete dias”. Durante esse período de suspensão, não serão realizados cortes no fornecimento de água aos usuários.

Em Seritinga, a prefeitura decretou situação de emergência em saúde pública. Na cidade, as aulas foram suspensas por tempo indeterminado, a realização de eventos de qualquer categoria está suspensa. Comércios como restaurantes, lanchonetes e bares deverão adotar medidas de prevenção, a frequência de higienização também deve ser feita com mais frequência.

Os sepultamentos poderão ocorrer somente até às 17h, com limite de 20 pessoas, todos devem manter distância de 1 metro. Confira demais informações do decreto oficial.

Em Poço Fundo, a prefeitura compartilhou em suas redes sociais que seguirá todos os protocolos e orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde. Estão cancelados no município eventos públicos agendados para os próximos 30 dias foram cancelados.

Em Monte Verde, está proibida a entrada de vans, micro-ônibus e ônibus. As aulas seguem suspensas na cidade.

Em Nepomuceno, sacoleiros que estiveram na capital paulista devem ficar de quarentena. Na cidade, cerca de quarenta pessoas estiveram em São Paulo e agora são obrigadas a cumprir a quarentena, já que estiveram em uma zona considerada de risco.

De acordo com a assessoria da prefeitura, quem apresenta alguns sintomas deve ficar 14 dias em casa e quem não apresentou, sete dias. Ainda segundo a gestão da cidade, pessoas que estiveram no Rio de Janeiro e na capital mineira também devem entrar na quarentena.

Em Andradas, a prefeitura  recomendou a comércios, espaços de lazer e empresas que interrompam o atendimento ao público por conta do risco de propagação do coronavírus. Administração municipal pede que apenas estabelecimentos de primeira necessidade sigam com funcionamento normal.

Em comunicado, o prefeito Rodrigo Lopes sugere que academias, clubes, locais com aulas de natação, comércios e empresas de grande porte alterem seus funcionamentos, evitando a presença de grande público ou até mesmo fechando as portas temporariamente.

Em Ibitiúra de Minas, a prefeitura adotou uma série de medidas a fim de evitar a propagação do novo coronavírus. Administração criou plano de contingência, suspendeu eventos, atividades e viagens a cidades com casos confirmados.

Segundo a administração municipal, a Secretaria de Saúde desenvolveu um plano de contingência para eventuais casos que possam ocorrer no município. Além disso, a Vigilância em Saúde está produzindo informativos e vídeos sobre a doença, que serão publicados nas redes sociais e distribuídos à população.

Outras ações implementadas foram a suspensão de viagens a cidades com casos confirmados doença, o adiamento do Campeonato de Taekwondo, que aconteceria no próximo domingo, 22, devido à possibilidade de o número de participantes ultrapassar o limite de 100 pessoas e a suspensão de visitas ao asilo da cidade a fim de preservar os idosos.

A Prefeitura informou ainda que outras medidas poderão ser colocadas em prática para buscar o bem estar e segurança da população em caso de avanço da doença.

Em Alfenas, mais uma medida para evitar aglomerações de pessoas e facilitar a permanência delas em suas casas está sendo planejada pela Prefeitura de Alfenas. É uma plataforma onde médicos e outros profissionais da áreas de saúde poderão esclarecer as dúvidas dos pacientes.

A iniciativa foi informada à reportagem do site Alfenas Hoje pelo prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) em entrevista por telefone na manhã de quinta-feira. Na ocasião, ele informou que ainda discutia detalhes com os profissionais do Hospital Santa Casa (HSC) e da Unifal (Universidade Federal de Alfenas).

O formato da plataforma ainda não estava definido, mas – de acordo com o prefeito – o sistema de esclarecimento de dúvidas e orientações aos pacientes deve ser lançado em poucos dias. Ele disse considerar a possibilidade de utilizar plataformas já existentes (como o site oficial ou as redes sociais), apenas adaptando-as a necessidade do projeto.

*Com informações: Portal da Cidade Andradas e Alfenas Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *