Servidores aposentados estão sem receber em São Sebastião do Paraíso

4195467_x240Servidores públicos aposentados e pensionistas estão sem receber em São Sebastião do Paraíso. Os pagamentos não estão acontecendo porque a prefeitura, que é responsável por parte da verba, tem atrasado ou feito somente metade do repasse. Apesar da Justiça já ter determinado que a administração pague os servidores em dia, sob pena de multa diária de R$ 10 mil, o dinheiro ainda não tem sido transferido.

Segundo o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais do município (Inpar), desde o ano passado a prefeitura estaria com problemas na hora de repassar o valor. A dívida já chega a quase R$ 1,5 milhão. e, com o atraso, todo o dinheiro que a entidade tinha em caixa foi usado para fazer os pagamentos dos 509 servidores aposentados ou afastados por motivos de doença ou maternidade.

“Aquela reservinha que o instituto tinha, de quase R$ 2 milhões em caixa, nós íamos tirando. A prefeitura deixava de pagar RS 200 mil, a gente retirava R$ 200 mil da conta do instituto”, contou Lais Pimenta de Carvalho, gerente administrativa do Inpar.

Após uma ação na Justiça, uma liminar determinou que o município retomasse os pagamentos, mas a decisão não foi cumprida. Sem o repasse, os servidores ainda não sabem quando vão receber.

“Nesse documento, o juiz deu a antecipação da tutela, definiu que todo dia 20 de cada mês o município tem que depositar o montante necessário para que o instituto cumpra com as suas obrigações e faça o pagamento a todos os servidores no dia 30 de cada mês. Então todo dia 20 ele deveria estar fazendo esse depósito pro instituto e ele não tem cumprido”, disse a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos, Maria Rejane dos Santos.

Segundo Rildo Domingos da Silva, presidente do Inpar, mesmo que o repasse seja feito agora, somente quem tem o benefício de até R$ 2,2 mil vai receber. Rildo disse ainda que o instituto vai entrar com outra ação na Justiça, pedindo o bloqueio de uma conta da prefeitura.

2005_atrasos_1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *