Polícia investiga quem teria matado comerciante na zona rural de Ipuiúna

A Polícia Civil investiga quem teria matado um comerciante de 71 anos durante uma tentativa de assalto na zona rural de Ipuiúna. O crime aconteceu na noite desta segunda-feira (3), quando a vítima, que tinha um comércio de bebidas em Ibitiúra de Minas (MG), teria acompanhado o suspeito até a casa dele para pegar o pagamento, quando foi atingida pelos disparos. Edivan Fuzari foi enterrado nesta terça-feira (3) em Ipuiúna de Minas.

A Polícia Militar relatou que Fuzari estava com um ajudante quando saiu de Ibitiúra de Minas (MG), onde morava, e foi para o bairro Saída dos Campos, em Ipuiúna, para receber o pagamento do suposto cliente. Segundo a PM, a venda foi combinada por telefone e que, antes de atirar, o suspeito anunciou se tratar de um assalto.

“Ao desembarcar do carro, o autor anunciou o assalto ao senhor Edivan, que provavelmente se desesperou e arrancou com o carro. Acelerou e o autor, então acabou disparando a arma de fogo que acertou o abdômen dele”, disse o sagento da Polícia Militar, Gilberto Lombello.

Comerciante de Ibitiúra de Minas (MG), teria ido até zona rural de Ipuiúna (MG) para uma entrega (Foto: Reprodução EPTV/Marcelo Rodrigues)
Comerciante era de Ibitiúra de Minas (MG) e teria ido até zona rural de Ipuiúna, entregar e receber pagamento por uma encomenda (Foto: Reprodução EPTV/Marcelo Rodrigues)

Mesmo baleado, o comerciante, que estava com o funcionário no carro, ainda procurou atendimento médico na cidade. Ele chegou a ser transferido para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre (MG), mas não resistiu aos ferimentos. O ajudante não ficou ferido.

“No caminho ele teve parada respiratória e foram tentando reanimá-lo até chegar no hospital, mas segundo o médido fizeram todo o procecimento e não teve jeito”, disse um parente da vítima, Robson Alexandre Nogueira.

A polícia ainda encontrou R$ 30 mil no carro do comerciante. O dinheiro foi devolvido para a família. Até esta publicação, ninguém havia sido detido.

Fonte: G1 Sul de Minas

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.