Pelo menos 10 obras públicas estão paradas ou em atraso em Poços de Caldas

parado_2Pelo menos 10 obras públicas estão paradas ou em ritmo lento em Poços de Caldas. Segundo a prefeitura, a dificuldade em tocar os projetos está no atraso no repasse de verbas dos ministérios do Turismo e Esportes.

No Parque Municipal Antônio Molinari, a construção de um campo de futebol society deveria estar em andamento, mas tudo está parado. Na placa, a informação de que o investimento é estimado em R$ 348 mil e deve ser concluído no fim do ano. Ao lado, no Complexo do Country Club, uma obra de revitalização que deveria ser entregue em agosto de 2014 também está parada. “Eu venho sempre ao paque e não tenho visto obra nenhuma aqui”, diz a professora Valéria Cardillo de Freitas.

 

A sinalização turística é outro projeto que acontece em ritmo lento. Das 153 placas planejadas, apenas 46 ficaram prontas até o prazo final, 27 de julho. No complexo turístico do Cristo Redentor, situação semelhante: apenas 5% teriam sido feitas, de acordo com medição do Ministério do Turismo.

“Infelizmente, a gente encontra dessa maneira”, observou a advogada Patrícia de Faveri Pinhabel. “A gente desceu do teleférico e se perguntou para onde a gente iria”, lamenta.

Diante das alegações de falta de repasses de verbas públicas, o Ministério dos Esportes e a Secretaria Municipal de Turismo foram procurados, mas ninguém foi encontrado para falar até esta publicação. Sobre as obras do Complexo do Country Club, a Caixa Econômica Federal informou que é responsável pela conferência dos trabalhos, mas que a verba é destinada pelo Ministério do Turismo de acordo com o cronograma do projeto.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *