‘Paulinho Beijinho’ morre após ser atropelado na Nossa Senhora D’Ajuda

Morreu atropelado na noite deste sábado (12), Francisco de Paula Vitor Santos. Pelo nome ninguém o conhece, mais se dizermos o apelido, todos saberão que estamos falando de ‘Paulinho Beijinho’.

Paulinho foi atropelado por um veículo Ecosport placas de Lavras, que era conduzido por uma trespontana no Centro de Três Pontas. O atropelamento foi na Rua Nossa Senhora D’Ajuda, um de muitos lugares onde o beijoqueiro acostumava deitar, no meio da rua. E foi justamente isto que aconteceu. A motorista disse que subia a Rua Santana e não percebeu que Paulinho estava deitado no meio da rua, na Nossa Senhora D’Ajuda.

Quando a Polícia Militar e o SAMU chegaram o corpo dele ainda estava debaixo do veículo, retirado com a ajuda de moradores e de gente que passava pelo local. Os socorristas e policiais militares tentaram reanimá-lo, mas ele já chegou ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), sem vida. A mulher ficou muito assustada e foi levada para o Quartel da Polícia Militar. Foi feito o teste do bafômetro que mostrou que a mulher não havia bebido.

O local foi isolado para o trabalho da Perícia da Polícia Civil.

04

O beijoqueiro querido

Paulinho tinha 50 anos de idade e era muito conhecido pelos populares. Tinha a mania de ficar beijando as pessoas e por isto ganhou a simpatia de muitos e não deixava de distribuir balas. Vivia dando voltas na Praça Cônego Victor e só andava no meio da rua. Muitas vezes em plena luz do dia, costumava andar apenas de cueca, muitas vezes completamente nu. Participava sempre das celebrações da santa missa e por diversas vezes surpreendia os celebrantes ao participava das missas do altar da Matriz Nossa Senhora D’Ajuda ao ocupar o altar.

Paulinho Beijinho 1
Em abril, Paulinho pulou na frente de um ônibus da Prefeitura ao lado da Câmara Municipal

Matéria e fotos: Site Equipe Positiva de Três Pontas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *