Passos entra em estado de alerta com 85 casos suspeitos de vírus da zika

Com 85 casos suspeitos de vírus da zika, Passos, entrou em estado de alerta contra a doença. Para tentar evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue e a febre chikungunya, a cidade começou um grande mutirão com a participação de 350 profissionais.

Em Passos, dos 85 casos suspeitos registrados do vírus da zika, três foram em gestantes. As grávidas fazem parte do principal grupo de risco da doença.

“O vírus zika, já foi confirmado então, essa transmissão vertical, ele atravessa a barreira placentária e ocorre uma infecção principalmente neurológica, levando à microcefalia”, explica a infectologista Priscila Gonçalves.

Cerca de 350 profissionais se reuniram para iniciar mutirão contra o Aedes aegypti em Passos, MG (Foto: Reprodução EPTV)
Cerca de 350 profissionais se reuniram para iniciar mutirão contra o Aedes aegypti (Foto: Reprodução EPTV)

Com o aumento de casos, a prefeitura intensificou o combate ao mosquito transmissor do vírus. Segundo a prefeitura, esse está sendo o maior mutirão contra o Aedes aegypti feito em Passos. Ao todo são cerca de 350 profissionais de 4 secretarias e vários departamentos da prefeitura.

Fonte: G1 Sul de Minas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *