Nova variedade de café arábica é apresentada em Poços de Caldas

Uma nova variedade de café arábica foi apresentada nesta terça-feira (27), na abertuda do 41º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, realizado em Poços de Caldas. A nova espécie é tão resistente à seca que ganhou o nome de Siriema.

A nova variedade é resultado de estudos da Fundação Prócafé em Varginha, que começaram em 1975. Além de suportar a seca, a nova espécie também é mais resistente a ferrugem e ao bicho mineiro. Segundo o coordenador da pesquisa, o objetivo agora é tornar a variedade mais popular.

“Tira a pesquisa da prateleira para ser usada no campo, através das equipes de assessoramento das cooperativas, das empresas de assistência técnica. Torna, a pesquisa, aplicada”, explica o coordenador da pesquisa, José Braz Matielo.

O evento discute novas tecnologias usadas na lavoura e vai até sexta-feira (31). “É que além de encontrar uma série de resultados de pesquisas feitas durante o último ano, a gente encontra também muitas informações com os colegas que estão aqui presentes”, diz o produtor de café Hélio Casale.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento de Minas Gerais, João Cruz Reis Filho, o aumento da produtividade do setor cafeeiro tem reflexo direto na economia do Estado, já que o café é o segundo item da balança de exportação mineira.

“São mais de 100 mil propriedades produzindo café, que empregam muita mão de obra e que realmente fazem a diferença para Minas Gerais”, diz o secretário.

Uma nova variedade de café arábica foi apresentada nesta terça-feira (27) na abertuda do 41º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, realizado em Poços de Caldas (MG) (Foto: Reprodução EPTV)Uma nova variedade de café arábica foi apresentada nesta terça-feira (27) na abertuda do 41º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, realizado em Poços de Caldas (MG) (Foto: Reprodução EPTV)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *