Motorista é preso suspeito de abusar sexualmente de aluna da Apae em Campestre

Um motorista da Apae de Campestre foi preso na última sexta-feira (10), suspeito de abusar sexualmente de uma aluna de 16 anos. A denúncia foi feita na delegacia pela mãe da adolescente na quarta-feira (8).

Segundo informações da família, a jovem chegou em casa se queixando de dores, a mãe a levou ao pronto socorro e ao passar por exames, o abuso foi constatado.

De acordo com informações da Policia Civil, que investigou o caso, depois de uma festa na APAE o motorista levou a estudante para um matagal e cometeu o abuso.

Ainda de acordo com a família da vítima, o motorista a deixava em casa por último e no trajeto, parava o veículo e cometia o crime. Há suspeita de que o abuso vinha sendo realizado há dias.

Segundo o sargento da Polícia Militar, Paulo César Duarte, “ele foi encontrado, onde foi anunciado para ele que tinha em seu desfavor um mandado de prisão, diante dos fatos ele foi preso, conduzido à delegacia de Polícia Civil e posteriormente encaminhado para o presídio, com suspeita de abuso sexual”, disse.

Em nota, a Apae afirmou que acolheu a família e encaminhou o caso para o Conselho Tutelar. Disse também que o motorista foi afastado das atividades.

A prefeitura também emitiu nota afirmando que será instaurado um processo administrativo para apuração dos fatos e que o motorista pode ser demitido.

O homem de 54 anos está detido no presídio de Alfenas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *