Maria Fumaça segue em estado de abandono em Pouso Alegre

Três anos depois do incêndio que atingiu um dos vagões, a Maria Fumaça de Pouso Alegre, continua sem manutenção, no acesso à cidade pela BR-459. A prefeitura chegou a anunciar uma verba de R$ 110 mil para recuperar o patrimônio, mas apenas a máquina principal foi pintada e já precisa de outra reforma.

O incêndio aconteceu na noite do dia 15 de maio de 2013 e começou de dentro de um dos vagões que servia de restaurante do trem. Na época, suspeitava-se de que tivesse sido criminoso e a equipe de reportagem da EPTV Sul de Minas mostrou que, além da falta de fiscalização, a máquina apresentava sinais de abandono. Pichações, rachaduras, telhas quebradas. Dentro, muito lixo e peças da ferrovia espalhadas.

Patrimônio abandonado
Depois desse episódio, um guarda municipal foi escalado para fiscalizar o local durante o dia. No entanto, em termos de cuidado com o patrimônio pouca coisa mudou nos últimos anos. Quem passa pela Maria Fumaça se depara com muita sujeira e resquícios de uma fogueira. Um dos vidros colocados na última reforma está quebrado.

As laterais da composição permanecem pichadas, os descansos das poltronas foram arrancados e o forro de madeira está todo esburacado. O mato alto encobre algumas máquinas, como o vagão que dava suporte mecânico a trens e chegou a rodar entre 1997 e 2000.

Moradores cobram manutenção em patrimônio histórico de Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV)
Moradores cobram manutenção em patrimônio histórico de Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV)

Moradores cobram manutenção em patrimônio histórico de Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV)

“Roubaram quase tudo da máquina. O prejuízo é muito maior do que R$ 100 mil”, relata o presidente da Associação Pró Ferrovia Sul de Minas Gerais, Joaquim Scarato.

Indignada, Inês Coutinho, fundadora da associação, lamenta a deterioração da Maria Fumaça. “Os andarilhos tomaram conta e nós perdemos um patrimônio. Acho que alguns vagões ali não têm recuperação”, comenta.

Prefeitura diz que há projeto
Em nota, a Prefeitura de Pouso Alegre informou que uma reforma foi feita no primeiro vagão para que ele fosse utilizado como ponto de visitação e que, em breve, o local terá um posto da guarda municipal com serviço de informações turísticas. Não foi dado um prazo para a implementação dessa proposta. A prefeitura ainda disse que a área onde a Maria Fumaça será limpa até o final desta semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *