Manifestações contra reformas trabalhistas e previdenciária são registradas na região

Manifestações contra reformas trabalhista e previdenciária são registradas nesta sexta-feira (28) em cidades do Sul de Minas. Na MG-050, entre Passos (MG) e Itaú de Minas (MG), um grupo de pessoas foram para a rodovia com faixas, cartazes e panfletos. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, a manifestação com cerca de 50 pessoas aconteceu das 9h às 11h e não houve tumulto.

Em Monte Santo de Minas professores também fizeram uma passeata pela manhã. Eles percorreram ruas do Centro com cartazes contra a reforma da previdência. De acordo com a PM, cerca de 60 pessoas participaram da passeata.

Em Itajubá, movimentos sindicais e sociais foram para as ruas na manhã desta sexta-feira (28) (Foto: Reprodução/EPTV)
Em Itajubá, movimentos sindicais e sociais foram para as ruas na manhã desta sexta-feira (28) (Foto: Reprodução/EPTV)

Em Varginha, manifestantes tentaram bloquear a saída de funcionários e de ônibus da sede da concessionária de transporte coletivo da cidade. Um pneu chegou a ser incendiado e foi colocado em uma rua. Cones também foram usados na tentativa de bloquear a passagem.

De acordo com a PM, cerca de 60 pessoas participaram da manifestação. Não houve tumulto e a polícia interveio para garantir a circulação de veículos. No entanto, segundo a concessionária, dos 58 ônibus que compõem a frota apenas 20 atendiam Varginha pela manhã.

Já em Itajubá, um grupo formado por metalúrgicos, movimentos sociais e profissionais da área da saúde fizeram uma passeata pelo Centro, com cartazes e faixas contras as reformas da previdência e trabalhista. Não foram divulgados números oficiais sobre os participantes.

Fonte: G1 Sul de Minas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *