IEPHA autoriza desapropriação do Cinema Rio Branco para futura construção de Centro de Convenções

Expectativa é que já em 2021, patrimônio passe por novos estágios.

Redação CSul/Foto destaque: Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (26), uma reunião definiu importantes passos para o desenvolvimento do município de Varginha/MG. O deputado estadual Professor Cleiton (PSB) organizou um encontro online com o Presidente do Centro de Comércio do Café, Archimedes Coli Neto e a presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA), Michele Arroyo. Na ocasião, Michele confirmou a autorização para que o prédio do Cinema Rio Branco seja desapropriado para uma futura construção de um Centro de Convenções, em Varginha.

Reunião aconteceu de forma virtual na manhã desta quinta-feira (26)/Foto: Reprodução

Professor Cleiton, que é de Varginha, classificou essa autorização como histórica. “Eu, como historiador e apaixonado pela nossa cidade, fico imensamente feliz que o IEPHA tenha dado essa autorização. Agora vamos articular para que todos os detalhes sejam organizados o mais breve possível para que esse projeto tenha sequência e Varginha ganhe essa estrutura espetacular para eventos”, afirmou.

Entre os detalhes citados pelo deputado estão questões como a avaliação financeira do imóvel, seguida pela captação de recursos – que deverá ser feita via Lei Rouanet e iniciativa privada – e projeto de restauração. Segundo a presidente do IEPHA, o projeto pode ser desenvolvido por etapas conforme a entrada de recursos. Na fase de restauração do prédio deverão ocorrer ações como a recuperação da parte elétrica, revisão estrutural e do telhado, substituição do mobiliário e equipamentos, além da adequação dos espaços. “Já existe um projeto de restauração do Cine Rio Branco, mas ele é básico e precisará de atualizações”, contou.

Durante a reunião, foi falado ainda sobre outras formas de captação de recursos para fomentar o turismo e tudo que ele envolve. Entre outras ideias, o deputado Professor Cleiton se comprometeu a apresentar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais projetos que contribuam nesta questão.

Em breve, uma nova reunião será marcada com a Prefeitura de Varginha, representantes do Governo do Estado e Ministério do Turismo. A expectativa é que já em 2021, a população varginhense tenha boas notícias acerca desse patrimônio tão importante.

História do Cine Rio Branco

Inaugurado em 11 de agosto de 1956, o Cine Rio Branco possui 1480 lugares e já foi considerado como a maior tela de projeção da América Latina.

Cinema está em situação de abandono há 22 anos/Foto: Divulgação

A fama de ter uma das maiores telas do mundo não é enganosa. A lendária cortina “mágica”, zelava pelos seus 9 metros de altura por 18 metros de comprimento.

Há 22 anos desativado, o prédio foi tombado em 1998 pelo Conselho do Patrimônio Histórico de Minas Gerais e hoje vive em total abandono; uma triste realidade para os amantes do cinema.

O Cine custou cerca de 13 milhões de cruzeiros e teve como estreia o filme ‘Rapsódia’, estrelado por Elizabeth Taylor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.