Hospital de Campanha em Varginha tem atividades prorrogadas até fevereiro

Unidade tinha previsão inicial para encerramento das atividades neste mês; aumento nos casos na cidade e na região motivou prorrogação.

Redação CSul/Foto destaque: Arquivo/Csul

O Hospital de Campanha de Varginha inaugurado em 19 de junho, tinha previsão para encerramento das atividades neste mês, todavia com o aumento no número de casos na cidade e na região, a unidade que atende em um anexo na Universidade Federal de Alfenas (Unifal), deverá seguir com as atividades até fevereiro.

Na unidade, o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) atualmente conta com três pacientes internados, enquanto as enfermarias não possuem nenhuma internação. Dos três pacientes, dois são de Varginha e um de Campanha. Segundo o Secretário Municipal de Saúde, Dr. Luiz Carlos, durante o tempo de funcionamento da unidade, 20% dos pacientes internados foram de municípios do entorno da cidade.

Os leitos na unidade foram ampliados para atender a macrorregião. Desta forma, em caso de necessidade pacientes oriundos de outras cidades também poderão receber atendimentos na unidade.

Continuidade do funcionamento caso necessário

Segundo a Prefeitura de Varginha, o funcionamento do Hospital de Campanha poderá continuar em atividade caso seja necessário. “Existe a possibilidade de ampliação na UPA e fizemos a solicitação de mais três leitos de CTI para o Hospital Regional. Esperamos não precisar usar, mas por garantia”, disse o médico Luiz Carlos Coelho, secretário de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.