Grávida, de 16 anos, é assassinada em Campo Belo; Ex-namorado é suspeito

Uma garota de 16 anos que foi assassinada nesta quinta-feira (7), em Campo Belo, tendo seu corpo parcialmente queimado e jogado em uma vala. A jovem estava grávida de quatro meses, segundo seu pai declarou para a Polícia Militar.

Ainda de acordo como pai da menina, ela tinha um relacionamento com um rapaz de 17 anos, quem ele afirmou para a polícia ser um suspeito do crime. Segundo o pai da garota, o relacionamento durou um ano e que acabou devido a agressões e ameaças constantes por parte do rapaz.

Segundo ele, “de uns tempos para cá ele não dava mais sossego para Camyla, inclusive chegou a bater nela e a ameaçar de morte várias vezes”. Ele contou também que há 21 dias o rapaz a agrediu e cortou parte do cabelo dela com uma faca.

A polícia procura o rapaz apontado pelo pai da garota como principal suspeito do assassinato.

“Pelos relatos dos familiares, ele ameaçava constantemente a adolescente que foi vitimada. No entanto, só existe um registro de ocorrência policial, no ano passado. No ano anterior, em 2016, existe um outro boletim de ocorrência de agressão à irmã desse adolescente. E ele também possui diversas passagens por tráfico de drogas e passagens por atos infracionais, inclusive com participação em roubo a banco em uma das cidades aqui da nossa região”, explicou o major Rodrigo Afonso.

O corpo da adolescente foi enterrado na manhã desta sexta-feira (8) em Campo Belo.

Fonte: Jornal de Lavras / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *