Fiéis se preparam para beatificação de Padre Donizetti

Em 8 de abril deste ano, o Papa Francisco aprovou decreto reconhecendo um dos milagres realizados pela intercessão do sacerdote brasileiro, o que possibilitou dar andamento ao processo da sua beatificação que estava no Vaticano desde 2012

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Divulgação/Reprodução

O próximo dia 23 de novembro será de muita festa para os católicos, especialmente para os fiéis de Cássia, no Sul de Minas, e Tambaú, em São Paulo. Isso porque esta é a data marcada para a beatificação de do sacerdote brasileiro Donizetti Tavares de Lima (1882-1961), nascido na região sul mineira. Donizetti morreu aos 79 anos.

Graças ao trabalho de padre Donizetti, assistindo aos doentes, idosos, crianças e mães necessitadas, a cidade de Tambaú se tornou referência no turismo religioso. Pessoas saiam de várias partes do país para conhecer o padre conhecido por ter dons milagrosos.

“Ele exercia de forma zelosa o ministério sacerdotal, com muita seriedade e respeito. Ele foi o precursor de praticamente todas as obras assistenciais na cidade, fundou creches, asilos e lutava pelos direitos dos trabalhadores. Além de um zeloso padre que morreu com fama de santidade, também foi um homem do povo com atenção especial aos idosos, às crianças e, principalmente, aos pobres”, disse Real, membro da comissão da beatificação do padre.

A celebração do rito de beatificação acontece às 9h do dia 23, em Tambaú. O anúncio foi feito no dia 19 dejulho pela Diocese de São João da Boa Vista – SP. O Papa Francisco vai encaminhar o Cardeal Giovanni Angelo Becciu, Prefeito da Congregação da Causa dos Santos para representá-lo na cerimônia.

Reprodução Santuário Nossa Senhora Aparecida de Tambaú

O milagre

O Papa reconheceu o milagre em favor do menino Bruno Henrique de Oliveira, que foi curado de uma deformidade congênita nas pernas. Em vida, Padre Donizetti intercedeu, segundo a Igreja, para a cura do menino, que passou a andar normalmente. De acordo com a diocese, o relato do milagre atendeu aos requisitos legais canônicos, pois a cura foi espontânea, completa, duradoura e inexplicável à luz da medicina.

Confira o relato completo do milagre, clicando aqui.

História

O padre Donizetti Tavares de Lima nasceu em Cássia (MG), em 3 de janeiro de 1882, foi ordenado padre em 1908 e morou os últimos 35 anos de sua vida em Tambaú, até falecer em 16 de junho de 1961, aos 79 anos.

Filho de um advogado e de uma professora, ele era de uma família abastada, mas largou tudo pelo sacerdócio. Padre Donizetti viveu por 35 anos em Tambaú e na década de 50 começaram os relatos de milagres que continuam até hoje.

A fama de santo veio ainda em vida. Na época, Tambaú tinha 4,5 mil habitantes (hoje são mais de 23 mil). Há relatos que em um único dia outros 200 mil romeiros estiveram na cidade em busca de graças. A situação começou a ficar perigosa e esse foi um dos motivos para que as benções chegassem ao fim.

Na década de 90, começou uma pesquisa sobre a vida, virtude e fama de santidade do padre. Em 2017, a Congregação para a Causa dos Santos concedeu ao padre o título de venerável. Com isso, ele pode ser oficialmente venerado dentro das igrejas.

Pronunciamento Oficial Decreto de Beatificação do Padre Donizetti.

Pronunciamento Oficial Decreto de Beatificação do Padre Donizetti.

Publicado por TVNETscp em Segunda-feira, 8 de abril de 2019

Foto: Reprodução/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *