Fazendeiro é preso por explorar trabalhadores rurais em Machado

A Polícia Civil prendeu na quinta-feira (7) o dono de uma fazenda localizada na zona rural de Machado, que é suspeito de manter seus funcionários em condições precárias. A Polícia Civil informou que esta é a segunda vez que o homem  passa por uma operação da Polícia e do Ministério Público do Trabalho.

De acordo com a Polícia quatro trabalhadores estavam em situação análoga ao trabalho escravo. Os homens que recebiam de R$ 150 a R$ 250 reais por mês alojavam-se na fazenda, em um local onde o banheiro não funcionava, a cozinha estava suja, e água, que passa por avaliação, possivelmente não estava em condições de consumo. O lugar ainda foi interditado pela Vigilância Sanitária.

O proprietário da fazenda, que teve trabalhadores tirados do local no ano passado, por serem encontrados nesta mesma condição, se condenado, poderá pegar de 2 a 8 anos de prisão.

Fazendeiro foi preso em Machado. / Foto (Trabalhadores): Reprodução EPTV.
Fazendeiro foi preso em Machado. / Foto (Trabalhadores): Reprodução EPTV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *