Exame para febre amarela dá positivo em macaco morto em Três Pontas

A Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Três Pontas, confirmou nesta terça-feira (21) que o exame de um dos macacos encontrados mortos na cidade deu positivo para febre amarela. Esse é o segundo caso confirmado de morte de macaco por febre amarela no Sul de Minas- o primeiro foi registrado em Poços de Caldas.

A Secretaria de Estado de Saúde também confirmou esse segundo caso no relatório sobre a doença divulgado na tarde desta terça-feira. O órgão também investiga se mortes de primatas estão relacionados com a doença em outras 12 cidades.

De acordo com Marcelo de Figueiredo Gomes, veterinário de vigilância ambiental, setor vinculado à Vigilância Epidemiológica de Três Pontas, o animal que teve exame positivo para febre amarela era um sagui e foi encontrado morto no dia 2 de fevereiro em um bairro da zona urbana, que fica a cerca de 1 Km do Centro.

Saúde investiga 53 casos suspeitos de vírus da zika em Três Pontas, MG (Foto: Reprodução EPTV)
Três Pontas teve confirmada primeira morte de macaco por febre amarela (Foto: Reprodução/EPTV)

“Nós ainda não temos o resultado do exame em mãos, mas a confirmação foi nos dada por telefone pela nossa gerência regional de saúde. Com esse caso, o risco de febre amarela no município aumenta e os cuidados com a prevenção já foram reforçados”, explicou o Gomes.

Outros dois macacos já foram encontrados mortos na cidade neste mês. De um dos corpos não foi possível coletar material para análise, por isso apenas mais um animal passa por exames. O resultado deve sair em até 10 dias.

Além de Três Pontas, mortes de macaco por suspeita de febre amarela em investigação nas cidades de Alterosa, Nova Resende, Delfinópolis, Guapé, São João Batista do Glória, Caldas, Ipuiúna, Ouro Fino, Santa Rita de Caldas, Lavras, Perdões e Varginha. No Sul de Minas, apenas Delfinópolis teve registros de febre amarela confirmados em humanos.

Fonte: G1 Sul de Minas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *