Estado entrega convênio para implantar trem turístico em Poços

O governador do Estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), entregou ao prefeito de Poços de Caldas (MG), Eloísio do Carmo Lourenço (PT), o convênio para a implantação do trem turístico na cidade. A entrega foi feita no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (27).

O contrato, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), prevê investimentos de R$ 10 milhões para o fortalecimento do potencial turístico da cidade e atende a uma das demandas da população recebidas durante a realização do Fórum Regional de Governo no município.

A maria-fumaça irá trafegar pela ferrovia que tem importância histórica para o município. Em 1886, o então imperador Dom Pedro II esteve no local para inaugurar a Estação Central no município de Poços de Caldas. O percurso total do trem turístico será de 9,6 quilômetros no trecho que está desativado.

O Governo Estadual irá investir, por meio da Codemig, R$ 10 milhões nas obras, que serão acompanhadas pela Secretaria de Estado de Transporte e Obras Públicas (Setop). O município, por sua vez, dará contrapartida de R$ 2 milhões no projeto.

Em dezembro de 2015, a Prefeitura de Poços de Caldas conseguiu um termo de cessão para uso gratuito do trecho da linha férrea entre a antiga Estação Ferroviária da cidade e a Estação Ferroviária Bauxita. Com isso, a administração pode dar andamento ao projeto de reativação do trem turístico que liga Poços de Caldas a Águas da Prata (SP).

O projeto
O processo para reativação do trem vem de longa data e já contou, inclusive, com uma manifestação popular em 2013, pedindo que ele voltasse a circular. Desde então, foi feito um estudo de viabilidade técnica, realizado pela prefeitura e apresentado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, a fim de dar base ao trabalho. Uma audiência pública em 2012 também discutiu a questão.

Em 2014, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) autorizou a reconstrução de 9 km da linha. Em setembro do ano passado, o governador do estado, Fernando Pimentel (PT), anunciou que iria disponibilizar recursos para a volta do trem turístico.

Trem turístico pode retornar entre Poços de Caldas e Águas da Prata (Foto: Reprodução EPTV)
Trem turístico pode retornar entre Poços de Caldas e Águas da Prata (Foto: Reprodução EPTV)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *