Escândalo: Padre acusado de pedofilia se mata em presídio em Três Corações

O padre Bonifácio Buzzi, de 57 anos, preso nesta sexta-feira (5) sob a suspeita de ter cometido abusos sexuais contra menores em Três Corações (MG), se matou no presídio da cidade, segundo a Polícia Civil. Ele havia sido localizado na cidade de Barra Velha, no Norte de Santa Catarinaem uma operação em conjunto das polícias dos dois estados.

Buzzi já havia sido condenado a 20 anos de prisão por abusar de um garoto de 10 anos emMariana (MG). Ele ficou preso entre 2007 a 2015, quando passou a cumprir a pena em liberdade.

Neste ano, a Polícia Civil de Minas Gerais recebeu a denúncia de que ele teria voltado a praticar os crimes. Segundo o delegado regional de Três Corações, Pedro Paulo Marques, ao saber das novas denúncias, o padre fugiu para Santa Catarina, onde foi localizado e depois trazido para a cidade mineira.

Até a publicação desta reportagem, a polícia não havia divulgado mais informações sobre o ocorrido.

Citado em filme
De acordo com a Polícia Civil, o caso de Buzzi é citado no filme “Spotlight”, vencedor do Oscar deste ano e que conta a história  verídica de um escândalo de pedofilia divulgado pelo jornal “The Boston Globe”.

 

padre_2
Padre foi preso em casa em Santa Catarina (Foto: Polícia Civil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *