Delegacia especializada investiga ataque a servidores em Guaranésia

0902_hackers_2

A Delegacia Especializada em Crimes Virtuais, com sede em Belo Horizonte, assumiu as investigações sobre a invasão do sistema de computadores da Prefeitura de Guaranésia. Delegados estão na cidade para ouvir testemunhas e definir se será preciso levar equipamentos da prefeitura para ser periciados na capital.

Por causa da invasão dos arquivos da prefeitura, os shows em comemoração ao aniversário de Guaranésia foram cancelados.

Segundo a prefeitura, o sistema deve voltar a funcionar normalmente na quinta-feira (17).

“Nós conseguimos recuperar um backup via a empresa que presta o serviço para a nossa assessoria e esse backup está sendo atualizado. Estamos trabalhando esses dois dias pela frente para colocar o backup, tudo em ordem”, disse o responsável pelo setor de informática da prefeitura, Sérgio Donizetti Cláudio.

Invasão
Diversos serviços administrativos da Prefeitura de Guaranésia, foram paralisados depois que o sistema interno dos computadores foi invadido por hackers especializados em descobrir senhas e códigos de programas no início do mês.

Os supostos hackers criptografaram os dados e colocaram uma senha com mais de 100 dígitos para impedir que os funcionários acessassem os arquivos da prefeitura de diversos setores, como estoque, compras e tributos. Em uma mensagem escrita em inglês, os invasores exigiam o pagamento de US$ 3 mil, o equivalente a quase R$ 11 mil para liberar o acesso ao servidor.

O prefeito João Carlos Minchillo disse que isso estava fora de cogitação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *