Decisão do TJMG absolve suspeitos de falsa perícia em Poços de Caldas

4342729_x240Uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), absolveu dois delegados, dois peritos e uma funcionária da prefeitura, além do dono de um pátio de veículos em Poços de Caldas. Eles tinham sido condenados em fevereiro do ano passado em 1ª instância pelos crimes de falsa perícia e prevaricação.

Conforme a denúncia do Ministério Público, o dono de um pátio de veículos teve um dos caminhões-guincho roubados em 2008. Dois anos depois, um caminhão semelhante foi apreendido e levado para o pátio do comerciante. Ainda conforme a acusação, uma perícia falsa teria atestado que ele seria o mesmo veículo, que foi liberado para o comerciante. Segundo o MP, a suposta irregularidade teria envolvido policiais civis e uma funcionária da prefeitura.

Foram absolvidos pelo tribunal Paulo Ferreira de Souza, dono do pátio; Expedito Vicente Gomes e Maurício Cândido Barbosa, peritos da Polícia Civil; os delegados Carlos Augusto Camargo da Silva e Walter Bruno Lintoman Ribeiro Alves e a escrivã da polícia Ana Maria Wood de Almeida.

A decisão será encaminhada para a Procuradoria Geral de Justiça, que pode recorrer.

forum_interna

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.