Das 5 maiores cidades do Sul de Minas, apenas Pouso Alegre fechou fevereiro com saldo positivo em geração de empregos

O Brasil em fevereiro registrou a abertura de 61.188 mil novos postos de trabalho, um aumento de 0,16% em relação ao estoque de janeiro. É o melhor resultado para o mês desde 2016 e o segundo resultado positivo do ano na criação de vagas, decorrente de 1.274.965 milhão admissões e 1.213.777 milhão de desligamentos. Os dados estão no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, divulgado na sexta-feira (23).

Em Minas Gerais, o saldo também foi positivo em fevereiro, neste mês foram contratados 134.586 mil trabalhadores e dispensados 127.298 mil pessoas, o Estado acumulou um saldo positivo de 7.288 mil novas vagas de empregos.

No Sul de Minas, das cinco maiores cidades – Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos e Lavras – apenas Pouso Alegre registrou um saldo positivo na contratação. A cidade fechou o mês de fevereiro com a contratação de 1.684 mil empregados e foram demitidos no mesmo período, 1.465 mil pessoas, fechando o mês com saldo positivo de 219 vagas de empregos preenchidas. No ano Pouso Alegre também tem saldo positivo: 561 pessoas empregadas.

Poços de Caldas

Poços de Caldas, a maior cidade do Sul de Minas, teve um desempenho ruim: em fevereiro foram abertas 1.547 mil vagas de empregos e demitidos 1.794 mil trabalhadores, a cidade turística fechou o mês com saldo negativo de -247 vagas. No acumulado do ano Poços tem um saldo negativo de -316 vagas de empregos.

Varginha

Varginha, a terceira maior cidade do Sul de Minas é a que mais tem sentido com o desemprego, em fevereiro foram contratados na cidade 1.420 mil pessoas e demitidas 1.442 mil, a cidade fechou o mês com saldo negativo de -22, no acumulado do ano, entre janeiro e fevereiro, Varginha tem o pior saldo negativo: -424 pessoas desempregadas.

Passos

Passos, a quarta maior cidade do Sul de Minas também fechou o mês com saldo negativo: em fevereiro foram contratadas 705 pessoas e demitidas 765, o que resultou num saldo negativo de -60 vagas. No acumulado do ano Passos também acumula saldo negativo: -120 vagas de empregos.

Lavras

Lavras é a quinta maior cidade do Sul de Minas e neste mês de fevereiro também teve saldo negativo na geração de empregos. Em fevereiro foram abertas 679 vagas de empregos, mas foram fechadas 702 e isso resultou num saldo negativo de -23 vagas de empregos. Mas no ano, no acumulado de janeiro e fevereiro, Lavras tem saldo positivo: +22 empregos. Apenas Pouso Alegre e Lavras acumulam saldo positivo de empregos entre as cinco maiores cidades do Sul de Minas.

Fonte: Jornal de Lavras / Foto: Imagem ilustrativa do MTb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *