Corpo de estudante morto em Santa Rita do Sapucaí aguarda embarque para Angola

O corpo do estudante angolano Jocéu Wando Capilo, morto na madrugada de sábado (31) em Santa Rita do Sapucaí, ainda está no Brasil. Amigos do estudante prestaram as últimas homenagens ao amigo durante a madrugada de domingo (1º) e em seguida o corpo foi levado até Guarulhos (SP), de onde será levado para Angola, na África.

A expectativa é de que o embarque possa ocorrer até a próxima sexta-feira (6) e não quarta-feira (4). O corpo do estudante deve ser embalsamado. Uma irmã do estudante está no Brasil para dar entrada na documentação de translado.

O estudante de 30 anos foi baleado na cabeça depois de tentar separar uma briga na Avenida João de Camargo. Ele foi baleado com dois tiros. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu por volta de 4h, conforme a PM.

A vítima era intercambista, estava no Brasil desde 2012 e cursava o curso de engenharia de telecomunicações no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí. Por meio de nota, a instituição manifestou pesar pela morte do aluno e comunicou que, devido ao luto, todas as atividades acadêmicas estavam suspensas no final de semana.

O escritório internacional do Inatel informou que estava auxiliando a família nos trâmites referentes ao translado do corpo e sepultamento. A embaixada de Angola no Brasil também foi comunicada sobre o caso pela instituição.

A polícia informou que havia identificado três suspeitos do crime, mas até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

joceu2

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *