Comércio e Indústria avançam em Minas Gerais

Volume de vendas do varejo cresceu 13,9% em maio, maior crescimento desde o início da série histórica, em janeiro de 2000

Redação CSul – Iago Almeida / Com informações de IBGE e Unis / Foto destaque: Tânia Rego/Agência Brasilia

O volume de vendas do varejo cresceu 13,9% em maio, maior crescimento desde o início da série histórica, em janeiro de 2000. A alta foi insuficiente para o setor recuperar as perdas de março e abril, que refletiram os efeitos do isolamento social para controle da pandemia de Covid-19. No acumulado do ano, o varejo registrou queda de 3,9%. Já nos últimos 12 meses, o cenário é de estabilidade (0%). Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (8) pelo IBGE.

O gerente da PMC, Cristiano Santos, explica que os números positivos aparecem após o mês em que foi registrado o pior patamar de vendas da série histórica (-16,3%). “Foi um crescimento grande percentualmente, mas temos que ver que a base de comparação foi muito baixa. Se observamos apenas o indicador mensal, temos um cenário de crescimento, mas ao olhar para os outros indicadores, como a comparação com o mesmo mês do ano anterior, vemos que o cenário é de queda”, analisa.

A pesquisa aponta uma perda de ritmo dos impactos do isolamento social no comércio. De todas as empresas coletadas pela pesquisa, 18,1% relataram impacto do isolamento em suas receitas em maio. Em abril, esse número era 28,1%, o maior percentual desde o início da pandemia. Com isso, há a indicação de crescimento nas atividades dessas empresas.

Produção Industrial

A produção industrial de Minas Gerais apresentou, em maio de 2020, um avanço de 6,3% frente ao mês imediatamente anterior, na série com ajuste sazonal. Doze dos quinze locais pesquisados mostraram taxas positivas, refletindo, em grande medida, o retorno à produção (mesmo que parcialmente) de unidades produtivas, após as paralisações/interrupções da produção ocorridas em várias unidades, por conta dos efeitos causados pela pandemia da COVID-19.

Nesse mês, Paraná (24,1%), Pernambuco (20,5%) e Amazonas (17,3%) assinalaram as expansões mais acentuadas, com os dois primeiros voltando a crescer. Por outro lado, Espírito Santo (-7,8%) apontou o recuo mais elevado em maio de 2020, terceiro mês seguido de queda na produção, com perda de 30,9% nesse período. Ceará e Pará, ambos com redução de 0,8%, também registraram taxas negativas nesse mês.

Camila Domingues / Palácio Piratini

Virada empresarial

Entre os dias 12 e 14 de julho o Projeto Levante Sul de Minas irá realizar o evento Virada Empresarial. A programação conta com diversas atividades online e gratuitas entre painéis, palestras, minicursos, workshops e rodadas de networking.

A Virada Empresarial vem com o objetivo de oferecer atividades gratuitas para empresas da região, com foco na proposição de ações que ajudem o micro e pequeno empresário na busca por soluções viáveis aos mais variados tipos de negócios, principalmente neste contexto de pandemia.
De acordo com o responsável pelo evento, Prof. Roger Rodrigues, o evento é importante não somente pelo que está oferecendo às micro e pequenas empresas da região, mas também pela possibilidade de ampliação das ações do projeto Levante Sul de Minas.

“Contamos com nossos parceiros para oferecer atividades de caráter prático e informativo que auxiliem a gestão e a transformação do negócio dos mais afetados pela crise econômica do coronavírus”, explicou.
Contando com 16 atividades ao longo dos três dias, a Virada Empresarial trará conteúdos diversos como perspectivas do marketing digital, estratégias de comércio, planejamento patrimonial, mudanças no cenário empresarial, papel das empresas e universidades no desenvolvimento regional pós-pandemia, e muito mais.

No dia 12 de julho, às 18h, o empresário e investidor Sérgio Frota irá conduzir a palestra que dará abertura à Virada Empresarial, com o tema: “Reinventando & Reestruturando – Aspectos Estratégicos e Financeiros do seus Negócios”. Contando com uma vasta experiência internacional, o palestrante é empreendedor serial e já atuou como executivo de grandes empresas, além de, juntamente com o Grupo Unis, ser idealizador e co-fundador do Conselho Empresarial do Sul de Minas (CESUL).

As inscrições para a Virada Empresarial podem ser feitas no site ww.levantesuldeminas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *