Clima gelado traz prejuízos a cafeicultores

Municípios continuam registrando baixas temperaturas

O fim de semana fez com que muitas pessoas usassem um cobertor a mais, o clima mais gelado do ano trouxe complicações para cafeicultores do Sul de Minas. Em pelo menos sete cidades da região, houve registro de geada em lavouras. No município de Nova Resende, produtores acreditam que serão necessários pelo menos 2 anos para recuperar a perda da lavoura.

Na madrugada do último domingo (7), a geada atingiu 10% dos cafezais da área de 34 hectares. Ao menos outras seis cidades da região tiveram registro de geadas em que as lavouras foram prejudicadas: Muzambinho, Guaxupé, Monte Belo, Jacuí, São Pedro da União e Alterosa.

De acordo com a Cooperativa dos Cafeicultores de Guaxupé, Cooxupé, áreas da região de Guaxupé foram afetadas pelas baixas temperaturas.

Em Nova Resende a geada atingiu áreas cafeeiras e as temperaturas atingiram valores abaixo de 0ºC. A ocorrência foi generalizada, inclusive, nas regiões altas do Sul de Minas e até o Cerrado Mineiro. A geada das madrugadas de sábado (06) e domingo (07) que atingiu o Norte Pioneiro do Paraná e a parte sul do estado de São Paulo deve trazer consequências importantes para a produção da próxima safra.

Reprodução/EPTV

Geada Capote
Os cafeicultores batizaram esse tipo de geada como “geada capote”, quando o topo da planta fica congelado e quando o sol sai as folhas se tornam escuras. As folhagens se queimam, secam e acabam caindo. Nessa situação, o cafezal perde produtividade por cerca de duas safras.

A Emater-MG, Empresa de Assistência Técnica Rural do Estado de Minas Gerais, ainda está realizando o levantamento dos prejuízos. Até agora, a dica é que o produtor avalie com um técnico medidas para diminuir a perda de produtividade dos pés de café.

Outras cidades
No município de Monte Verde, o frio continua intenso. Os registros na cidade continuam baixos e, pelo terceiro dia consecutivo, os termômetros marcam temperaturas negativas. Na manhã desta terça-feira (9), o registro foi de -1,8ºC, com sensação térmica de -5,6ºC, segundo a Somar Meteorologia.

Já em outras cidades da região as temperaturas começam a subir. Em Maria da Fé, que chegou a marcar -2ºC no último domingo (7), os termômetros registraram 2,1ºC na manhã desta terça-feira.

Na última segunda-feira (8), a mínima no município de São Sebastião do Paraíso foi de 4,7ºC. Nesta terça, a cidade registrou a mínima de 7,3ºC. Em Varginha, as temperaturas subiram de 5,7ºC, registrando na última segunda, para 7,1ºC nesta terça.

No município de Passa Quatro registrou 5,1ºC , já em Machado, a manhã teve a temperatura mais alta da região nesta terça, com 8,3ºC.

Foto:  Rebeca Wagner/ *Com informações do Café Point

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *