Casos de homicídio já superam os números registrados no último ano em São Sebastião do Paraíso

O município de São Sebastião do Paraíso já registrou um número maior de assassinatos na região do que em todo o ano passado. A situação assusta a população da cidade, que vem convivendo com a violência de semana em semana. No último mês, foram registrados cinco homicídios, o que apontou um número maior do que no ano passado.

Na manhã desta terça-feira (4), um corpo foi encontrado foi encontrado um corpo semicarbonizado e com sinais de violência em um cafezal.

Casos

Um foi encontrado um corpo semicarbonizado e com sinais de violência em um cafezal na região conhecida como Faxina, aproximadamente 4km depois do entroncamento com a BR-265, na estrada vicinal que liga São Sebastião do Paraíso ao distrito da Guardinha.

Segundo informações do JS, o corpo foi encontrado por trabalhadores envolto em saco preto, no qual foi ateado fogo. O corpo estava com mãos e pés atados com fios de cobre e apresentava corte contuso na cabeça, provocado com pedra. A possível causa da morte pode ter sido por estrangulamento.

Ainda conforme informações do JS, algumas tatuagens e uma pinta no rosto chamaram a atenção dos policiais, e informações iniciais dão conta que a vítima pode ser A.B.S., 27 anos, que teria sido reconhecido.

“Vamos a princípio identificar a vítima para depois tentar solucionar o caso”, disse o delegado Vinícius Zamó. Embora explique que a Perícia Técnica é quem irá fornecer dados precisos, pelo lado prático ele admite que o homicídio tenha ocorrido há aproximadamente 12 horas.

O corpo foi encaminhado para o IML em Passos.

Na última semana

Dois homens foram mortos dentro de um imóvel, no Distrito de Guardinha, na última quinta-feira (30). De acordo com vizinhos, quatro ou cinco pessoas estavam no local. Os presentes estavam bebendo e depois de não muito tempo uma briga teve início.

No dia 9 do último mês, também no distrito, na zona rural do município o corpo de um homem foi encontrado queimado. De acordo com residentes do local, a violência nessa proporção nunca foi vista.

No último mês

No início do último mês outro ato violento, porém desta vez no bairro São Francisco. Um andarilho foi vítima de esfaqueamento e morreu. A situação teria acontecido depois de uma discussão com um casal que também vivia na rua.

Já no dia 11 de janeiro, um homem foi assassinado com um tiro na cabeça. O homicídio teria acontecido por uma dívida de drogas.

De acordo com a Polícia Civil, no último ano foram registrados quatro homicídios no município. Segundo o delegado responsável pelas investigações, grande maioria ocorreu por motivação passional.

Ainda de acordo com os oficiais, no Distrito da Guardinha não existe mais uma base fixa, porém patrulhamentos são realizados uma vez ao dia nos distritos, quando chamados os militares também atendem demandas.

Segundo a polícia, nas localidades do distrito existem câmeras de segurança que são monitoradas pelo batalhão. A respeito dos últimos dois homicídios, a polícia diz ser um caso raro, uma vez que os envolvidos eram amigos e o crime ocorreu dentro de uma casa, não sendo possível identificar, mesmo realizando policiamento.

O CSul vem tentando contato com a Polícia Civil de São Sebastião do Paraíso e também a prefeitura do município, porém até a divulgação desta matéria, não foi obtido retorno.

*Com informações Jornal Jacuí 

Foto destaque: Wikipedia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *