Carnaval movimenta economia e gera renda extra em Muzambinho

Considerada uma das folias mais procuradas durante o carnaval, Muzambinho, vê a sua população quase dobrar durante os dias de festa. Nesta época, muitos moradores aproveitam para ganhar uma renda extra com aluguel de imóveis. Na cidade, até uma escola vai virar moradia para receber as milhares de pessoas que chegam para curtir o carnaval.

Haja trabalho para os corretores de imóveis. No ano passado, Goimy Rondinelli, alugou 150 locais para hospedar os foliões. Neste ano, até agora, já são 180 alugueis fechados, mas, segundo ele, esse número ainda deve aumentar.

“Sempre tem imóveis, porque a gente sabe que o pessoal chega de última hora, então a gente deixa alguns imóveis para que eles possam vir aqui para o carnaval”, disse Goimy Rondinelli, empresário.

Carnaval movimenta aluguel de imóveis em Muzambinho (MG) (Foto: Reprodução EPTV/Michel Diogo)
Carnaval movimenta aluguel de imóveis em Muzambinho (MG) (Foto: Reprodução EPTV/Michel Diogo)

A expectativa é que cerca de 15 mil pessoas acompanhem por dia o Bloco Vermes, principal atração do carnaval na cidade. Com isso, os moradores abrem espaço para uma renda extra e desocupam a própria casa para alugar. É o caso da aposenteada Maria Leonor, que já esvaziou o imóvel onde mora com a família para receber 25 turistas.

“É um dinheirinho extra, né? E você aluga a casa por cinco dias, com a crise que o Brasil está, eu acho que vale a pena sim”, disse a aposentada Maria Leonor Rondinelli.

Muitos moradores deixam as suas próprias casas para alugar em Muzambinho (MG) (Foto: Reprodução EPTV/Michel Diogo)
Muitos moradores deixam as suas próprias casas para alugar em Muzambinho (Foto: Reprodução EPTV/Michel Diogo)

Além das casas, muita gente aluga espaços maiores para receber grupos vindos de várias partes do país e até do exterior. O Beto, que é empresário em São Paulo, foi quem alugou o prédio onde funciona a escola e que, durante o carnaval será abrigo para 150 pessoas. Segundo ele, o público para este ano deve ser ainda maior do que em 2016. E para dar conta de tanta procura, ele precisou alugar mais 12 casas no município.

“Gente do Brasil inteiro. Esse ano a gente atingiu até alguns países. A América do Sul está presente, tem Chile, Colômbia, Argentina e até dois integrantes de Israel, que vem para o carnaval de Muzambinho”, contou o empresário Beto Rodrigues.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *