Canaviais se tornam esconderijo para desmanche de carros em Passos

0805_cana_2Os canaviais ao redor de Passos, estão se tornando verdadeiros esconderijos para o desmanche de carros. Segundo a Polícia Militar, são encontrados em média três veículos por mês na região, além de outros produtos como cofres e até equipamentos usados no campo.

“Aqui na zona rural, às vezes tem algum furto de objeto em fazendas. Ordenhadeiras e alguns outros objetos que os produtores rurais usam, que às vezes eles furtam, não conseguem carregar e deixam abandonados no meio do mato”, diz o sargento Milson José Dutra, da PM.

Perto de Passos, são quase três mil quilômetros de área utilizada para o cultivo da cana. É na época da safra que aumenta o número de carcaças de carros encontradas.

“Funcionários, quando está começando o corte da cana, se deparam com esses objetos. Veículos desmanchados, abandonados. Aí eles acionam a PM e nós vamos até o local averiguar os fatos”, explica o sargento.

Como a cana é alta, o ambiente ajuda os criminosos durante a ação. Os carros, depois de desmontados, são queimados para que não fiquem sinais que ajudem na identificação. Em apenas dois dias, três veículos foram localizados a menos de 2 km da cidade nesta semana. Somente o dono de um deles, furtado em Alpinópolis, foi avisado pelos policiais.

O maior problema é que, além de queimar os carros, os bandidos raspam a numeração do chassi, o que dificulta a localização dos donos. “Esses veículos, normalmente, a identificação deles é praticamente no chassi e no motor. Se falta essas duas peças, dificulta bastante a identificação do veículo”, conta Danilo Tobias, delegado da Polícia Civil.

O delegado ainda alerta que quem compra as peças desses veículos, pode responder pelo crime de receptação. “Existe uma fiscalização nos ferro-velhos, pra gente poder realmente identificar se está havendo compras, aquisição de peças de veículo produto de furto”.

0805_cana_1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *