Campanha tenta arrecadar recursos para menina de dois anos que sofre de doença degenerativa

Moradores de Conceição dos Ouros (MG) se uniram para ajudar uma menina de apenas 2 anos. Juju foi diagnosticada com uma doença rara que compromete os movimentos do corpo, prejudicando até a respiração e a fala. A família então lançou uma campanha para arrecadar dinheiro para custear o tratamento e tem recebido apoio. Os pedidos de ajuda já estão também na internet.

No álbum de família, uma menina que adora sorrir. Juliana, a Juju, é conhecida por sempre esbanjar alegria.

“Uma belezinha, um doce. Ela é uma menina iluminada. Quem olha diz que ela não tem nada”, diz a avó da menina, Maria Donizete Rosa Barbosa.

No início do ano, a família descobriu que Juju tinha uma doença grave e pouco conhecida: a Leucodistrofia Metacromática, que pode comprometer os movimentos, a fala e até a respiração do paciente.

Menina de 2 anos sofre de doença degenerativa em Conceição dos Ouros (Foto: Reprodução EPTV)
Menina de 2 anos sofre de doença degenerativa em Conceição dos Ouros (Foto: Reprodução EPTV)

“A Juju foi diagnosticada com o quadro de Leucodistrofia Metacromática, uma doença rara, degenerativa, que vai fazendo com que ela perca os movimentos. Isso aconteceu no início do ano, ela começou a arrastar a perna esquerda, e levamos ela em diversos ortopedistas, pediatras, todos diziam que era normal, que o que estava acontecendo ia melhorar com o tempo, porém o quadro foi se agravando. Nós não queremos tratar da Juliana sabendo que a doença vai se agravar cada vez mais. Nós queremos buscar a cura, nós queremos que a nossa filha seja saudável”, disse o pai da menina, Stéfano Francisco Rosa Barbosa.

Desde que souberam da doença, os pais têm feito viagens atrás de ajuda médica para a filha. Em Conceição dos Ouros (MG), toda a comunidade se uniu para tentar salvar a menina. Por toda parte, tem adesivos nos carros, cofrinhos no comércio e muita gente a fim de ajudar.

Mãe e filha também arregaçaram as mangas e fizeram uma blitz solidária que arrecadou cerca de R$ 15,5 mil.

“O tratamento da menina não é barato e poderia ser preciso eles viajarem para o exterior. Então nós resolvemos dar esse impulso e começar essa campanha”, disse a autônoma Edivânia de Melo Moreira Gonçalves.

“Essas situações só servem para reforçar o amor, o quanto o ser humano é solidário, o quanto essa união faz a força”, disse a psicóloga Joédna de Melo Moreira Gonçalves.

Na internet, a campanha ganha força e cada um ajuda do jeito que dá. O humorista Cléber Rosa também entrou na onda solidária. Ele fará um show no próximo sábado e toda a renda será destinada à menina. A apresentação acontece às 20h no Espaço Cultural Geraldo Rosa.

Amigos fazem campanha para tratamento de menina de Conceição dos Ouros (Foto: Reprodução EPTV)
Amigos fazem campanha para tratamento de menina de Conceição dos Ouros (Foto: Reprodução EPTV)

“Espero todo mundo, vamos lotar, porque vocês vão assistir um show bacana e ainda ajuda a Juju”, disse o humorista.

Em uma farmácia da cidade, a solidariedade está no caixa. Parte das vendas vai direto para a campanha. “Parte de tudo que a pessoa comprar aqui vai pra lá, mas se o pessoal quiser ajudar um pouco a mais, o pessoal também está colocando um pouco a mais no cofrinho”, disse a dona do comércio, Giuliana Nunes Siqueira.

A solidariedade fica cada dia mais forte e traz um benefício a mais para a família: a esperança. “Eu acredito que ela vai vencedor, porque ela é mais do que uma vencedora e ela vai nos dar alegria mesmo, porque ela já é uma grande alegria”, disse a avó da menina.

Nesta semana, Juju e a família estão em Ribeirão Preto (SP) em busca de alternativas de tratamento. Quem quiser contribuir com a campanha, que tem como meta arrecadar R$ 200 mil, pode ajudar pela internet.

Pai de menina faz viagens em busca de tratamento para Juliana (Foto: Reprodução EPTV)
Pai de menina faz viagens em busca de tratamento para Juliana (Foto: Reprodução EPTV)

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *