Após ser cassado pela Câmara de Vereadores, prefeito de Serranos consegue Liminar e retorna ao cargo

O prefeito de Serranos, José da Cunha Vasconcelos Filho, reassumiu o cargo após uma Liminar da Justiça derrubar a cassação imposta através de votação pelos vereadores na Câmara Municipal da cidade. O vice-prefeito Reinaldo Batista Arantes chegou a assumir o cargo, mas permaneceu na função por menos de três dias.

José Vasconcelos havia sido cassado, pela segunda vez no ano, em sessão realizada dia 24 de outubro, por supostas ocorrências de infrações político-administrativas realizadas em sua gestão. A denúncia apresentada à Câmara de Vereadores apontou que no período de um ano houve excessivos gastos na compra de peças e com a manutenção da frota municipal.

Na votação, foram seis votos a favor da cassação e outros três vereadores não compareceram à sessão.

A primeira vez que o prefeito foi cassado, foi em março deste ano. Na ocasião, José Vasconcelos também recorreu e em menos de 48 horas após o afastamento, reassumiu o cargo.

José Vasconcelos

José da Cunha Vasconcelos Filho, de 74 anos, foi reeleito no ano de 2016 para continuar à frente da administração municipal de Serranos. O produtor agropecuário é formado em Direito e já foi prefeito de Munhoz, sua cidade natal.

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Jornal Panorama 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *