Após confessar em vídeo, suspeito nega participação em morte de jovem

O suspeito que apareceu em um vídeo confessando, sob tortura, o assassinato da jovem Giovanna Costa de Cillo, de 14 anos, negou o crime em depoimento à Polícia Civil de Alfenas, na tarde desta segunda-feira (15).

No vídeo, o rapaz, de 26 anos, aparece amarrado a um pé de café e, agredido, diz que matou Giovanna porque estava fora de si. O corpo da jovem foi encontrado em uma estrada, na zona rural de Alfenas, na manhã deste domingo (14). Hoje, durante quase duas horas de depoimento, ele negou a participação no crime.

Após confessar em vídeo, suspeito nega participação em morte de jovem (Foto: Reprodução EPTV)
Após confessar em vídeo, suspeito negou participação em morte de jovem (Foto: Reprodução EPTV)

“Ele alega que não foi ele, que não conhece a menina, que não sabe porque foi preso, a não ser por causa da moto vermelha, que seria parecida com a do suspeito”, contou o delegado Márcio Bijalon.

A polícia suspeita que a menina tenha sofrido violência sexual. Um laudo necroscópico deve apontar se houve o abuso. A policia também colheu o material de DNA do rapaz para saber se de fato ele participou da morte da jovem.  “Ele concordou em ceder o material genético, [que] vai ser comparado com o que foi apreendido no local. Vamos aguardar”, explicou o delegado.

Segundo a polícia, o suspeito foi levado neste domingo (14) por criminosos e ficou cerca de 3 horas em poder deles. Ele foi amarrado e torturado até confessar o crime. “Nós desconfiamos de uma quadrilha aqui de Alfenas. Vamos fazer uma investigação paralela a essa, investigar esse crime na prática, afinal de contas ele também foi vítima de sequestro e tortura”, afirmou Bijalon.

O rapaz foi liberado, mas, segundo a Polícia Civil, continua sendo investigado.

Adolescente de 14 anos foi encontrada morta em Alfenas (Foto: Reprodução Facebook)
Adolescente de 14 anos foi encontrada morta em Alfenas (Foto: Reprodução Facebook)

Vítima foi vista com um homem
O corpo da adolescente foi encontrado na Estrada do Pântano, uma estrada rural entre os bairros Jardim São Paulo e Distrito Industrial, por volta das 6h do domingo. Giovanna Costa de Cillo, de 14 anos, tinha marcas no pescoço e estava sem as roupas íntimas.

“Nós localizamos ela deitada no chão com as partes íntimas despidas, estava com o vestido levantado até a altura do abdômen e já estava sem os sinais vitais. Nós isolamos o local até a chegada do perito, que detectou que havia [marcas] no pescoço, que pode ter sido a causa da morte, pode ter sido estrangulada”, explica o sargento da Polícia Militar Alain Pichara.

Uma testemunha contou à polícia que viu a adolescente acompanhada de um homem pouco antes de ser assassinada.

“Ele informou que passou primeiramente pelo local e viu um casal que estava namorando, eles estavam em uma moto Titan 150 de cor vermelha e estavam namorando. E após um determinado período, ele retornou e localizou somente a vítima caída”, relata o sargento Pichara.

Corpo da jovem de 14 anos foi encontrada em estrada na zona rural de Alfenas, MG (Foto: Minas Acontece / Reprodução EPTV)
Corpo da jovem foi encontrada em estrada na zona rural (Foto: Minas Acontece / Reprodução EPTV)

A PM apreendeu o celular da vítima. Ao lado do corpo, também foi encontrado um pino de cocaína. As redes sociais da adolescente também estão sendo investigadas.

G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *