Após chuva, Prefeitura de Alfenas decreta situação de emergência

O prefeito de Alfenas, Maurílio Peloso (PDT), decretou situação de emergência no município em função dos danos causados pela forte chuva que caiu na cidade no domingo (21). Vários estragos foram registrados pela cidade. Em um bairro da cidade, uma mulher morreu eletrocutada e o marido dela ficou ferido após um fio de alta tensão atingir o portão da residência.

Segundo o comunicado da Prefeitura de Alfenas, a situação de emergência deverá vigorar por um prazo de 180 dias. A prefeitura também informou que está fazendo um levantamento para saber a real dimensão dos prejuízos.

“Ainda não há possibilidade de dimensionarmos, o impacto de tudo o que foi deteriorado com essas chuvas, mas todos os servidores, especialmente das secretarias de obras, de meio ambiente e da defesa civil estão em diligências desde a tarde de domingo para sabermos o que realmente foi deteriorado: desde a pavimentação asfáltica, pontes, praças, estradas rurais, a equipamentos e prédios públicos que tiveram muitos impactos”, disse o prefeito.

Chuva no domingo
As chuvas começaram por volta das 15h30, com granizo e fortes rajadas de vento. Houve queda de várias árvores em cima de telhados e veículos, em diversos pontos da cidade. O vento destelhou inúmeras casas, causou danos generalizados na rede elétrica e queda do muro do cemitério municipal. Vários bairros ficaram sem energia elétrica.

De acordo com o Secretário de Defesa Social, Leonardo Miranda, a Polícia Militar registrou mais de 70 chamados da Defesa Civil e os bombeiros receberam mais de 30 chamados.

IMG_20160221_161128410_HDR

IMG_20160221_161138008

IMG_20160221_161310547

Fotos: Rafael Moraes/ CSul

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *