Água suja preocupa moradores de Fortaleza de Minas

Moradores de Fortaleza de Minas, reclamam da cor da água que tem saído das torneiras da cidade há uma semana. A água está preta e segundo eles, a Copasa, responsável pelo abastecimento na cidade, não avisou ou deu qualquer retorno sobre a situação. A companhia afirmou que essa coloração seria passageira e que a água está própria para consumo.

Um dos moradores da cidade, Edson Alves da Silva, gravou um vídeo na quarta-feira (25) mostrando a água saindo preta da torneira, como petróleo. As imagens circularam pelas redes sociais com a reclamação dos moradores do bairro Nossa Senhora. Ele também guardou um pouco da água suja para ninguém duvidar.

“Tinha um odor um pouco forte de água barrenta. A gente fez o vídeo, postou nas redes, nos grupos, acreditando que a Copasa daria algum tipo de retorno, mas [não deu] pra ninguém”, conta Silva.

Morador guardou água escura que saía da torneira em Fortaleza de Minas (Foto: Reprodução/EPTV)
Morador guardou água escura que saía da torneira em Fortaleza de Minas (Foto: Reprodução/EPTV)

Lucia Helena Valério diz que há muito tempo a água tem causado mal estar em moradores. “Já ficou um amigo meu doente, lá na Santa Casa muito tempo, foi descobrir era a água. Teve uma vizinha minha que passou mal, foi descobrir era a água. Então ela só toma água comprada [agora].”

Em muitas casas da cidade, os filtros viraram artigo de decoração. Com o equipamento, a água até voltou a sair incolor e parece limpa, mas a maioria dos moradores tem medo de usar pra beber e cozinhar e a alternativa tem sido comprar água mineral.

Segundo a aposentada Maria Aparecida da Silva, ela colocou um filtro novo há três meses, que deveria durar pelo menos seis, mas já teve de ser trocado. “Eu evito de tomar [a água], pra gente não sentir mal”, afirma.

Situação temporária
Segundo a Copasa, a água em Fortaleza de Minas saiu escura durante uma manutenção na rede de abastecimento. Os funcionários tiveram que diminuir a quantidade de água que passa pelos tubos e isso causou um acúmulo dos sais minerais próprios da água na superfície da tubulação, fazendo com que a cor da água mudasse.

A companhia disse ainda que agora, com a normalização do abastecimento, ela pode ser consumida.

Fonte: G1 Sul de Minas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *